Gazeta em Vídeo

Potirendaba

Aulas da rede municipal são suspensas a partir desta terça (19) em Potirendaba (SP)

autor: Da Redação/Gazeta do Interior

Publicado em

COMPARTILHE:  

Em cumprimento a ordem judicial, a Prefeitura de Potirendaba (SP) vai suspender as aulas presenciais a partir desta terça-feira (19/10/2021). A ação foi proposta pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Municipal (Atem).

As aulas serão suspensas nas Escolas João Casella, Vitório Bottaro, Maestro Antônio Amato e nas Creches Jesus José Attab (Duca) e Iara Aparecida da Silva Lopes até decisão em sentido contrário. Isso aconteceu depois que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Municipal (Atem), entrou com ação judicial contra o município por falta de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) nas instituições de ensino.

Segundo a Prefeitura, as obras necessárias para obtenção dos AVCBs, como alvenaria, hidráulica e elétrica já apresentam 70% de conclusão. Os demais equipamentos, como corrimão, luzes de emergência, sinalização e extintores de incêndio estão 100% instalados.

Ainda segundo o município, as aulas das unidades citadas acima seguirão em formato remoto. A Escola Osmar Brigo, Creche Ignácio e o Recanto Feliz permanecerão em funcionamento presencial.

Em sua rede social, a Prefeita da cidade, Gi Franzotti, disse que não tem medido esforços para que os alunos retomassem às atividades presenciais, inclusive que Potirendaba foi o primeiro município da região a iniciar as aulas.

“Primeiro eles (Sindicato) alegavam que não queriam que as aulas fossem retomadas por causa do COVID. Nós justificamos que estávamos seguindo todas as normas sanitárias e conseguimos iniciar as aulas presenciais. Agora alegam que as escolas não possuem alvará dos bombeiros. Essas escolas possuem quase 100 anos e nunca possuíram esse documento. Se amanhã mais de 2,5 mil alunos não estarão nas salas de aula, vocês agradeçam ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação Municipal”, desabafou.