Cidades

Catanduva (SP) decreta lockdown por 15 dias

autor: Gazeta do Interior

Publicado em

COMPARTILHE!  

A Prefeitura de Catanduva decretou nesta sexta-feira, (11/06/2021), lockdown na cidade a partir da próxima terça-feira (15/6), até o dia 29/06. A medida foi adotada um dia após o Ministério Público pedir a cassação do Prefeito da cidade e pedir multa de R$ 1 milhão.

De acordo com o decreto, a circulação de pessoas e veículos nas ruas será permitida apenas para a compra de medicamentos; obtenção de atendimento médico ou socorro para pessoas e animais; embarque e desembarque no Terminal Rodoviário; atendimento de urgências ou necessidades inadiáveis próprias ou de terceiros e; prestação de serviços permitidos pelo decreto.

Serão permitidas atividades de segurança privada; atividades industriais; transporte individual de passageiros (aplicativos de transporte); hotelaria; postos de combustíveis; transporte de combustíveis e valores; caixa eletrônico para autoatendimento nas agências bancárias; e APENAS O SISTEMA DELIVERY para supermercados, mercados, mercearias, padarias, açougues, lojas de hortifrúti, gás, insumos médicos, hospitalares ou de higiene, restaurantes, bares e cafés. (Todos esses últimos estabelecimentos deverão operar com a porta fechada).

O serviço de transporte coletivo será suspendo neste período. Bancos, lotéricas e similares deverão permanecer fechados.

Serviços públicos municipais, estaduais e federais não essenciais também não funcionarão. As aulas presenciais em todas as redes de ensino poderão acontecer de forma remota, desde que o professor esteja em sua residência.

Reuniões, concentrações ou permanência de pessoas em espaços públicos, praças e parques serão proibidas. A venda de qualquer tipo de bebida alcoólica, inclusive pelo delivery, também estará suspensa.

Atividades esportivas amadoras, feiras livres, atividades religiosas, inclusive as individuais, também não poderão ser realizadas nestes 15 dias.

Todas as pessoas durante o deslocamento para serviços permitidos deverão apresentar crachá e holerite recente. Moradores sem máscaras serão multas em R$ 552,71.

Donos de estabelecimentos autorizados a abrir que permitirem pessoas sem máscaras ou que não cumpram o distanciamento social adequado serão multados em R$ 5.294,38.

Todas as pessoas que realizarem qualquer tipo de encontro que gere aglomeração serão multadas em R$ 5.294,38. Qualquer pessoa que desacatar, obstruir ou dificultar as fiscalizações será multada em R$ 5.294,38.

Nas últimas 24 horas a cidade confirmou 92 casos e 3 mortes provocadas pelo novo coronavírus. Desde o começo da pandemia já são 14.729 pessoas infectadas e 485 óbitos.