Vigilância Epidemiológica de Uchoa nega 2 mil casos de dengue

Posted by at 10:01 Comments Print

A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica de Uchoa negou no final da tarde desta última quarta-feira (09/01/2019), os mais de 2 mil casos de dengue mostrados ontem aqui na Gazeta. O departamento confirma apenas os 297 casos notificados.

Uma funcionária do município que prefere não ser identificada disse que os números são assustadores e passam dos 2 mil casos, porém não estão sendo notificados pelo município. A cidade já enfrenta epidemia da doença.

De acordo com o coordenador da Vigilância em Uchoa, Lucas Balbino, esses números da funcionária não são reais. “O que temos em nossa cidade são 297 casos até agora e todo caso é notificado. Estes dois mil casos não existem”, afirma.

Uchoa tem outros 380 casos suspeitos, e, ainda segundo Lucas, as notificações neste começo de 2019 diminuíram cerca de 70%. “Estamos com campanhas, trabalho casa por casa com os agentes, arrastões e agora vamos entrar com a nebulização”.

O Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE), de São José do Rio Preto, acredita que não seja do interesse de Uchoa omitir os casos já que a cidade enfrenta uma epidemia, porém o que pode estar ocorrendo é que os pacientes se tratam em casa ou em clínicas particulares que não notificam o departamento municipal.

O GVE explica ainda que pacientes tratados em hospitais e emergências de outras cidades como Rio Preto, por exemplo, as notificações são repassadas para os municípios de origem.

Nesta quinta-feira (10/01/2019), a partir das 19h, será realizada uma nebulização na tentativa para eliminar os mosquitos da dengue. A Vigilância pede a colaboração da população abrindo portas e janelas, o orienta para tranque os animais de estimação. Crianças, idosos e pessoas que tenham alergia a produtos químicos devem ficar em um quarto fechado.

(Foto: Gazeta do Interior-arquivo)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts