Vereadores de Nova Aliança votam contra projeto regulamentação de escolas

Posted by at 12:22 Comments Print

Sete dos nove vereadores de Nova Aliança votaram contra um projeto de lei para regulamentação e denominação das escolas municipais. Um Projeto Social voluntário que atende cerca de 80 crianças passaria a ser do município.

O projeto de lei previa a mudança de modalidade de ensino, com alteração de alunos por idade em escolas específicas, além de alterar as denominações das instituições. Escolas que carregam a nomenclatura EMEFEI (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Infantil), passariam para EM (Escola Municipal).

Entre as escolas e creches contempladas com a mudança estão a Abdo Ayruth, Nicolina Maria de Jesus, Madalena Cazzotte Donegá, Silvana Carolina da Silva, João Lucatto, Prefeito Benedito Soares Dias e também o Projeto Semeando o Futuro.

O Projeto Social seria o maior beneficiado com a mudança, pois atende cerca de 80 crianças no período inverso ao da escola com atividades educacionais em formato de oficinas. O local era mantido pelo Lar São Francisco de Assis de Jaci, porém, recentemente foi devolvido aos voluntários.

Por falta de verba, a prefeitura decidiu então assumir o Projeto e que com a regulamentação passaria a ser chamado de Escola Municipal Vicente Fernandes. O atendimento seria na modalidade ensino fundamental, mantendo as atividades educacionais já existentes atualmente.

O projeto de lei foi rejeitado por sete dos nove vereadores da cidade. O único parlamentar que votou a favor foi o vereador Danilo Scarpelli (DEM).

Em entrevista à Gazeta, Danilo afirmou que a decisão dos demais colegas em votar contra o projeto foi por questões pessoas contra o atual prefeito. “Nos bastidores eles comentaram que não aprovariam o projeto porque o prefeito não realizou o reajuste salarial de funcionários públicos. Sabemos também que estes profissionais necessitam de aumento, mas este projeto é muito importante para os estudantes do nosso município”, diz.

Nossa reportagem apurou que na sessão que aconteceu na última segunda (19/11/2019), os parlamentares aprovaram um projeto de lei para nomear uma rua de um bairro da cidade. A via recebeu o nome de João Balero Alves, no loteamento Vendinha.

O QUE DIZEM OS VEREADORES CONTRA:

A vereadora Aliandra Rosa Vitoriano (PDT) não quis comentar sobre o assunto e em seguida desligou o telefone quando nossa reportagem se identificou. O vereador José Aparecido Ramos, o Bé, (PSDB) diz que votou contra porque há irregularidades no projeto e que por isso vai voltar para a câmara com as devidas explicações.

Os vereadores Edson Paes, o Edinho da Capoeira (PSDB) e Vicente Fernandes Junior, o Juninho Gavião (PDT) admitiram que a rejeição foi um voto de protesto como forma de pressionar o prefeito para que o aumento salarial seja efetivado. Questionados se isso não prejudicaria os alunos e o sistema de ensino da cidade, eles disseram que não.

A vereadora Silvia Renata Patini Alves (PMDB) e Valter Junior della Coletta (PRB) não atenderam nossas ligações.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts