Venda de games dispara no Brasil

Posted by at 1:33 Comments Print

AH MÃE DEIXA EU JOGAR MAIS UM POUCO VAI!?

Cada vez mais donas de casa estão sendo obrigadas a ouvir essa famosa frase de seus filhos, isto porque o número de vendas de vídeo games e computadores tem crescido e muito no Brasil devido ao fato de que os produtos estão sendo produzidos em nossas terras o que barateia e facilita a aquisição dos gamers maníacos.

E o número não para de crescer, segundo a Agência de mercado GFK Consumer Choices, o número de consoles vendidos em 2012 foi 63% superior ao ano anterior, isso contabilizando apenas os vídeo-games considerados originais, já que vale lembrar que o Brasil é um dos países que mais comercializa consoles e jogos piratas no mundo, conhecidos como desbloqueados.
Vídeo games desbloqueados são aqueles aparelhos que são alterados por software ou hardware e que permite que o jogador utilize jogos baixados na internet ou copiados de maneira irregular. Como deve ser de conhecimento geral, pirataria no Brasil é crime, no entanto, não há como fazer algo efetivo quanto ao assunto, já que várias pessoas compram o game original e depois “desbloqueiam”.
Marcos Ribeiro (36), Guarda Municipal de Tabapuã, em suas horas vagas adora passar o tempo jogando vídeo game e já perdeu as contas de quantos aparelhos já teve. “Tenho vídeo games desde pequeno. Não faço a mínima ideia de quanto já gastei comprando e vendendo. Quando canso de um vendo e compro outro e assim vai indo. Já tive acho que todos os consoloes lançados.”. Diz Marcos que passou o hobby de jogar vídeo games para seus dois filhos Guilherme (8) e Leonardo (3) que já são viciados.
Segundo a mãe, Silvana Ribeiro, durante as férias se ela não pedisse pra sair do vídeo game ou do computador ambos ficavam 24 horas ligados. “Se deixar, os três jogam o dia inteiro. Por um lado isso é ótimo, já que as crianças ficam dentro de casa, mas por outro, acho que ficar muito tempo em frente à TV pode fazer mal a saúde.” Diz a mãe, que afirma também se render e jogar um pouco às vezes. “ Não tenho muito saco para isso, mas pra ficar próxima dos meus filhos às vezes jogo um joguinho ou outro.” Complementa.
Para as mães, assim como Silvana que se preocupam com seus filhos, felizmente hoje já é existem jogos em que o jogador tem que se movimentar e muito para avançar no jogo. Existe ainda até uma acadêmia virtual através do conhecido dispositvo chamado Kinect.
O Brasil é o segundo maior mercado da América Latina, ficando atrás apenas do México em vendas de games. O número de gamers brasileiros ultrapassa os 45 milhões, que deixa o país entre os três maiores do mundo. Com nota fiscal, em 2012 foram comprados mais de 3,5 milhões de consoles de última geração como Xbox 360, Playstation 3 e Wii. Uma pena não saber o número de real de maníacos, mas sabe-se que é bem maior que isso, então só nos resta dizer: “Boa partida!”.
Durante a entrevista com a família , Guilherme e Leonardo não pararam um minuto de jogar e enquanto conversavam iam dando golpes com seus personagens vidrados na TV.

(Foto: Jonas Garcia)

Cultura Destaques Economia Últimas Notícias , , , , , ,

Related Posts