Veículos abandonados em ruas de Potirendaba causam transtornos a moradores e motoristas

Posted by at 9:14 Comments Print

Veículos velhos, sucateados e que há tempos tem tirado a beleza das ruas, agora tem revoltado moradores e até motoristas de Potirendaba. Em uma rápida caminhada pelas ruas da cidade, nossa reportagem encontrou 15 veículos em situação de abandono, mas que tem donos.

Quem já subiu a Avenida Achiles Malvezzi, próximo do Centro da cidade, já viu um desses veículos sucateados devidamente estacionados, mas sem portas, sem rodas, sem vidros ou com tudo isso. Carros que não podem mais rodar por situação de documentação ou por impossibilidade mecânica e que foram deixados ali por falta de espaço.

“A gente sabe que eles não têm onde deixar, mas a rua não é local para isso. Se não tem mais serventia, vende para o ferro velho ou ache outro lugar. É perigoso, pois pode até se esconder bandidos dentro deles durante à noite e a gente não ver”, comenta a aposentada, Deolinda Fagundes, de 68 anos.

Miguel Ruiz é dono de uma oficina mecânica e também proprietário dos veículos. Ao ser questionado pelo jornal prometeu solucionar o caso. “Alguns eu uso para tirar peças, outros são de clientes para vender. Mas vou resolver esse problema até o final desse mês, vou dar um jeito para eles”, promete.

Na frente da oficina de Miguel, na rua João Antonio de Siqueira, nossa reportagem contou 10 carros. Na Achiles Malvezzi, outros três, além de peças velhas e até pneus expostos ao tempo, prontos para serem criadouros de dengue.

carros abandonados potirendaba (3)

Na rua Luis Pavan, no bairro José Afonso Amato, outros dois estacionados em frente a uma oficina. No momento em que nossa reportagem esteve no local, o comércio aparentava estar fechado e nenhum morador foi encontrado para falar se a oficina encerrou as atividades e largou os carros abandonados.

carros abandonados potirendaba (1)

O motorista Alexandre Tomaz Figueiredo, diz que já registrou até boletim de ocorrência depois de bater em um desses carros. “O carro estava estacionado irregular, com parte da traseira no meio da rua e era um dia à noite, estava chovendo, quando fui desviar de um buraco e acabei batendo. Procurei a polícia e levaram o carro embora”, comenta.

Para o coordenador de trânsito da cidade, Cícero Aparecido dos Santos, este número é ainda maior e ultrapassa os 40 veículos abandonados pelas ruas de Potirendaba.

“Desde o começo do ano já estamos empenhados em resolver este problema. Fizemos um levantamento desses veículos e pelo menos 40 estão nessa situação. Em primeira instância a gente comunica verbalmente, caso não retire notificamos por escrito e o proprietário tem 15 dias para realizar a retirada. Caso não cumpra nenhuma das duas medidas, a prefeitura remove para o pátio”, explica o coordenador.

Cícero afirma que cerca de 10 veículos já foram removidos pelos proprietários e que agora é necessária a regulamentação da legislação. “A Guarda Municipal que fica na rua o tempo todo tem ajudado no levantamento desses veículos, mas é necessário criarmos um projeto de lei e encaminharmos à Câmara de vereadores”.

(Reportagem publicada a edição impressa da Gazeta do Interior do mês de outubro de 2017)
(Fotos: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts