Vândalos destroem estátuas de dinossauros de Uchoa que contam história arqueológica da região

Posted by at 14:30 Comments Print

Moradores de Uchoa estão revoltados com a ação de vândalos que tem quebrado estátuas de dinossauros instaladas nas entradas e saídas da cidade. Os monumentos foram colocados em referência ao tesouro arqueológico que o município representa para a nossa região.

Ao todo são três estátuas que foram doadas por moradores e membros da Associação Uchoense dos Amigos da Cultura (ASSUAC). Duas delas estão instaladas na entrada da cidade e outra na saída para o bairro São Miguel.

Nas últimas semanas, moradores postaram imagens dos monumentos quebrados e danificados por vândalos. As obras, segundo o presidente da ASSUAC, José Miguel Chaddad, custaram cerca de R$ 5 mil cada.

“Infelizmente ainda é cultural e é questão de tempo para que as pessoas se acostumem. Passo de carro por alí e vejo pessoas montadas em cima das estátuas tirando foto, outras se pendurando e isso tem um custo”, explica.

José explica que o caso ainda não está na polícia, mas que os doadores devem registrar queixa nos próximos dias. “Como as obras foram doadas por particulares, cabe cada doador procurar a polícia. Elas se tornarão patrimônio público, mas só a partir do momento que cada doador fizer a doação oficial ao município”, fala o presidente.

Uchoa possui um museu paleontológico instalado no antigo armazém da estação ferroviária da cidade. São cerca de 400 fósseis de dinossauros, crocodilos e tartarugas. As estátuas contam a história arqueológica dos animais que viveram na nossa região naquela época.

Para tentar evitar as ações, a Associação estuda instalar placas e até câmeras de monitoramento no local. “Vamos começar a realizar palestras nas escolas e tentar plantar a cultura nas crianças de que não pode depredar um bem que é de todos. Isso faz parte da nossa história e é muito importante que todos preservem”, explica Chaddad.

(Foto: Divulgação)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts