Vacinas contra gripe para idosos se esgotam em poucas horas em Potirendaba e Tabapuã (SP)

Posted by at 11:47 Comments Print

As doses da vacina contra a gripe H1N1 tem se esgotado em poucas horas em cidades como Potirendaba e Tabapuã (SP). Nestes dos municípios foram imunizadas 1,3 mil pessoas só no primeiro dia.

A coordenadora de saúde de Tabapuã, Karyna Iglesias, acredita que a procura tem aumentado por causa do sistema adotado pelo município. Além disso, alguns idosos acreditam que a vacina também previne o novo coronavírus, o que não é verdade.

“Nós estamos com quatro equipes vacinando, implantamos o sistema de drive da vacina, onde os idosos são vacinados dentro dos carros, então isso fez com que facilitasse para as pessoas serem imunizadas. Muitas pessoas também acham que esta vacina previne a COVID-19, mas não é verdade, ela só previne a H1N1”, explica.

Na última segunda-feira (23/03), quando começou a campanha, 500 doses foram aplicadas em Tabapuã. Esta quantidade durou apenas até às 10h00.

Nesta quarta-feira (25/03), mais 800 doses chegaram no município e Karyna acredita que também não serão suficientes até o fim da tarde. Na cidade, 2,5 mil pessoas entre idosos e profissionais da saúde pertencem ao grupo da primeira etapa de vacinação.

Em Potirendaba, na última segunda, foram aplicadas 800 doses em poucas horas. A cidade conta com cinco postos de imunização, além do sistema de vacina casa à casa e também drive thru.

No Posto Central de Saúde, só na manhã desta quarta, 200 doses foram aplicadas no local. Mais 1,2 mil doses chegaram na cidade, mas que também não serão suficientes, já que a cidade possui um grupo de mais de 3 mil idosos.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a maioria das cidades do interior de São Paulo ficaram sem vacinas. O Ministério da Saúde enviou inicialmente, segundo o Estado, cerca de 2 milhões de doses a São Paulo, o que representa 32% do necessário para os grupos prioritários da primeira etapa.

Segundo a pasta, todos os municípios iniciaram a vacinação com apenas uma parcela do necessário nesta primeira remessa. A secretaria informou ainda que está em diálogo contínuo com o Ministério para garantir o abastecimento.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts