Um cachorro é abandonado a cada dois dias em Potirendaba

Posted by at 12:41 Comments Print

Um levantamento feito pela Gazeta aponta que a cada dois dias um cão é abandonado em Potirendaba. Só agora em julho, já são dez animais deixados em ruas, praças ou até mesmo em rodovias da cidade.

Os dados são de voluntários, médicos veterinários e também do Centro de Controle de Zoonoses do município. Todos os meses, pelo menos 15 animais são abandonados na cidade.

Segundo uma das voluntárias, Juliana Carla Ortunho, os motivos pelo abandono são os mais variados. Desde a mudança do dono de cidade, até porque o animal já está velho e ninguém quer mais.

“É triste ver o tanto de animal abandonado. O que mais recebo é gente querendo se livrar do seu animal. Ontem mesmo teve um caso que o dono pegou o cachorro quando filhote e aí o bicho cresceu, gera gasto e ele não quer mais. Recebo casos de gente que foi embora para o norte do País e não tem como levar o animal na mudança, até gente que o casal que se separou e nenhum dos dois quer ficar com o bicho. É muito triste”, explica.

Tamires Silva mora no bairro Jardim das Palmeiras e encontrou seis filhotes abandonados próximos a sua casa, duas fêmeas e quatro machos. “Eu estava caminhando com a minha filha quando encontrei eles no final da rua, sem caixa de papelão, sem nenhuma coberta e próximo a um boeiro. Recolhi eles, estão todos aqui em casa, estou tratando, mas preciso colocá-los para adoção, pois não tenho como ficar com todos”, fala.

Em Potirendaba, a maior incidência de abandono é em bairros mais afastados da cidade. Em uma rápida volta de cerca de 30 minutos pelas ruas do município, a Gazeta contou 26 animais em situação de rua.

Só no bairro Jardim do Bosque que ainda não existe muitos moradores, quatro cachorros vivem pelo local. Na rua Humberto de Campos três cachorras são tratadas por moradores e vizinhos próximos.

Na rodovia João Neves que liga Potirendaba a Cedral, praticamente todos os dias existe um cachorro andando pela via e quase sempre um aparece morto vítima de atropelamento. Na praça do bairro São Francisco, na semana passada, uma moradora enviou fotos para nossa redação onde dois cachorros tinham sido envenenados.

Quem quiser adotar os filhos de Tamires, basta entrar em contato pelo telefone (17) 3249-3256 ou (17) 9 9159-5118. Abandono e maus-tratos à animais é crime. A pena prevista é de detenção de três meses a um ano, além de multa.

(Foto: Arquivo pessoal)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts