Trechos da rodovia que liga Bady Bassitt à Nova Aliança estão abandonados e frustram motoristas

Posted by at 9:12 Comments Print

Uma vicinal que acabou de ser recapeada, a impressão de quem anda por ela é de estado de abandono em alguns trechos. Isso por que a parte que não recebeu melhorias pertence aos municípios de Nova Aliança e Bady Bassitt.

Estamos falando da SP-355, Maurício Goulart, uma das mais importantes rodovias da região já por ela passam veículos vindo de cidades como Mendonça, Adolfo e Sales. Na última semana o vereador de Bady, Laércio Joaquim Pereira (PMDB), sugeriu ao prefeito da cidade que sinalize os buracos da via com placas, ao invés de consertá-los. Leia a reportagem: Da série “visite Bady Bassitt antes que acabe”, vereador propõe colocar placas para sinalizar buracos ao invés de consertá-los

A rodovia no ano passado recebeu recapeamento do trecho que pertence ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), entre os municípios de Bady Bassitt, Nova Aliança, Mendonça e Adolfo.

A empresa vencedora da licitação realizou serviços de conserva especial entre o km 0, no entroncamento com a BR-153, e o km 45,7, incluindo uma rotatória em frente a um frigorífico da vicinal. O valor total da obra foi de R$ 12,1 milhões.

Quem sai de Bady Bassitt e pega o trecho sentido Nova Aliança, a sensação é de que a rodovia está completamente abandonada, mas são apenas os dois primeiros quilômetros, pois logo depois a rodovia está recapeada.

Buracos enormes e falta de sinalização incomodam os motoristas que passam pelo trecho todos os dias. José Antônio Gonzales que é morador de Nova Aliança, conta que vai todos os dias trabalhar em São José do Rio Preto de moto e tem que reduzir a velocidade no trecho.

“Quando eu passo por aqui tenho que andar a 40 km/h, porque se não eu caio da moto e me machuco. É uma falta de vergonha dos prefeitos de Nova Aliança e Bady Bassitt. Falta gestão pública. Se os municípios não tem como arcar com a despesa, peça para o governador, presidente, sei lá. Isso é um absurdo”, comenta.

O asfalto já está todo trincado e buracos estão por toda a parte. O mato alto também já tomou conta dos dois acostamentos. Sinalização então já seria artigo de luxo, pois as faixas de sinalização horizontal que deveriam instruir o motorista com visão para ultrapassagem, já nem existe mais.

Em Nova Aliança são apenas 300 metros que estão com os mesmos problemas. A entrada da cidade que deveria ser bem conservada e sem buracos, parece estar completamente abandonada.

No mês passado deputados, vereadores e o prefeito de Nova Aliança, Jurandir Barbosa de Morais, conseguiram firmar convênio com o Estado para finalizar as obras na rodovia. Nossa reportagem tentou entrar em contato com Jurandir para saber o prazo para execução do serviço e valores, porém ele não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Nossa reportagem ligou também para o prefeito de Bady Bassitt, Edmur Pradela, mas uma funcionária que atendeu o celular disse que ele estava em reunião e que era para ligar mais tarde. Ligamos quase duas horas depois, falamos com a secretária de gabinete dele, deixamos recado e o telefone da redação, porém ele não retornou nossas ligações.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)
(Matéria publicada na edição impressa da Gazeta do Interior do mês de fevereiro de 2015)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , ,

Related Posts