Torneira de banheiro quebrada obriga alunos de escola de Bady Bassitt a lavar as mãos no bebedouro

Posted by at 17:13 Comments Print

Pais de alunos da escola municipal Isabel Pimentel de Bady Bassitt procuraram a Gazeta para relatar a situação de abandono de banheiros da instituição. Eles dizem que os estudantes são obrigados a lavar as mãos no bebedouro.

A instituição abriga alunos do ensino infantil e as condições dos banheiros para receber estas crianças é preocupante. Fotos tiradas por uma das mães mostra que na pia do banheiro que deveria existir uma torneira, um saco de lixo ocupa o lugar.

“Minha filha tem 6 anos e não usa o banheiro devido a estas condições. Ela me conta que as crianças são obrigadas a lavar as mãos no bebedouro que vive com fezes de pombo. Isso é um absurdo”, relata a mãe que tirou as fotos, Rosemeire Maria Alves Garcia.

A válvula da descarga também está quebrada e os alunos são obrigados a usar um balde com água como descarga. Os pisos da parede também estão caindo e o local que é frequentado por crianças, mais parece um banheiro de rodoviária.

“É uma vergonha ver tanto dinheiro público sendo desperdiçado nessa cidade e coisas simples como uma descarga e uma torneira estarem quebradas”, diz outra mãe que prefere não se identificar.

O filho de Janaina Silveira Souza, recentemente, caiu no banheiro que estava alagado e ela usou as redes sociais para relatar o fato depois que a criança chegou em casa com vários hematomas pelo corpo. A mãe diz ainda que questionou a escola, porém ninguém sabe o que aconteceu com a criança.

“Faz um mês e dez dias que meu filho chegou da escola Isabel Pimentel com o braço quebrado e agora está com hematomas. Nesta escola as crianças estão por si mesmo, falta de atenção de todos. Alguém pode explicar o que está acontecendo”, questiona a mãe.

Os hematomas provocaram um coágulo na perna do menino que está internado no Hospital da Criança e Maternidade de São José do Rio Preto desde o dia 12 de novembro.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a coordenadoria municipal de educação está apurando os casos citados na reportagem.

(Fotos: Arquivo pessoal)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts