SEM TERRAS: Uchôa não tem mais onde enterrar seus mortos

Posted by at 8:43 Comments Print

Você já parou para pensar onde será enterrado? Provavelmente já deve ter seu lugarzinho reservado no cemitério, não é mesmo? Só que em Uchôa se qualquer pessoa da sua família morrer hoje ou até mesmo você, esse lugarzinho não está reservado não.

Isso por que as vagas do cemitério da cidade se esgotaram há muito tempo e até agora nada foi feito. O que moradores relatam é que duas pessoas da cidade compraram todos os lotes restantes e agora revendem por preços bem mais caros. Caso a família não tenha condições de pagar pelo valor exigido, o corpo do familiar tem que ser enterrado em outra cidade.

Câmara dos vereadores de Uchôa tomou algumas providências. O presidente da casa, Sargento Marcos (PMDB), apresentou um requerimento que pede ao prefeito municipal, José Cláudio Martins (PMDB), a possibilidade de ampliação do cemitério e construção de sepulturas em forma de gaveta. No documento o legislativo solicita ainda que uma quantidade de sepulturas seja reservada a pessoas carentes e o principal, que a venda desenfreada de sepulturas.

“Temos que fazer alguma coisa contra essa supervalorização do terreno. Temos que ter o controle para não poder acontecer o comércio, para quem precisa de fato não pagar o pato”, explica o presidente.

Um dos vereadores disse que o assunto vale mais do que um requerimento e aconselhou a criação de um projeto de lei para que todos os vereadores assinem. “Todos assinariam proibindo a comercialização de sepulturas. Quando faleceu o filho de um amigo, tivemos que negociar com outra pessoa que tinha o terreno pago. É inadmissível acontecer isso”, comenta o vereador Jurandir Ferrarezi (PMDB).

A prefeitura de Uchôa informou que precisa comprar uma nova área para ampliar ao cemitério, mas não estipulou prazo e nem se isso já vem sendo feito no município.

* Matéria publicada na edição impressa de junho

Foto: Diogo De Maman

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts