Ronco não é só problema do homem

Posted by at 10:15 Comments Print

Diogo De Maman

diogo@gazetainterior.com.br

Durante muito tempo o ronco foi considerado unicamente um problema do universo masculino. Mas uma coisa que pode parecer estranho para muita gente é que a mulher também ronca. Embora, dificilmente elas admitem o fato, omitir o distúrbio pode gerar graves complicações como doenças cardíacas, obesidade, diabetes, queda da imunidade, câncer e derrame.

A falta de informação é o principal motivo para as pessoas não buscarem uma forma de tratamento. É o caso da dona de casa Elizângela Cristina, 27 anos. Ela conta que ronca desde novinha e sabe que existe tratamento para o ronco, mas nunca procurou informa-se melhor. “Sei de pessoas que fizeram o tratamento e se curaram. Meu marido sente-se incomodado e até brinca que pareço um trator roncando”.

O dentista, em muitos casos, pode ser a grande solução para o roncador. Ele pode tratar problemas como esse, apenas com o uso de Aparelhos Intraorais, sem a necessidade de intervenções cirúrgicas.

A cirurgiã dentista, Sheila Diniz Salles, especialista em distúrbios do sono, explica como funciona essa técnica de tratamento. “Os aparelhos intraorais proporcionam o reposicionamento da mandíbula durante o sono, facilitando a passagem do ar pela via aérea, ou seja, a pessoa vai respirar melhor e fazendo com que a pessoa não entre em apneia durante o sono e nem ronque”.

Noites de sono prejudicado pelo ronco e apneia são responsáveis, na população adulta, por uma elevação de 46% de chances de problemas de hipertensão arterial, 33% de arritmia cardíaca, 23% de anginas, 17% de infartos e 19% de acidente vascular cerebral, ou derrame.

(Foto: Diogo De Maman)

Saúde Últimas Notícias , ,

Related Posts