Região da Gazeta ganha quase 1,5 mil moradores em um ano

Posted by at 6:00 Comments Print

Imaginem que 12 pequenas cidades da região de São José do Rio Preto pudessem ganhar quase quatro moradores por dia. Por conta da evolução do interior os municípios de circulação da Gazeta tem se tornado opção de moradia para quem prefere a paz de cidade pequena.

Segundo dados divulgados pelo IBGE na última semana, a região do jornal ganhou 1.431 novos moradores. O aumento populacional pode estar ligado ao avanço e ao crescimento gigantesco da vizinha Rio Preto que também, em apenas um ano, ganhou 4.194 habitantes.

Das 12, a que mais cresceu foi Guapiaçu. A cidade tinha 19.728 moradores no ano passado, esse ano tem 20.037, um aumento de 309 pessoas. A segunda é Bady Bassitt, que antes tinha 16.109 e em 12 meses subiu para 16.359, ou seja, 250 moradores a mais.

Em seguida vem Potirendaba com 152 novos habitantes de um ano para o outro. Em 2014 eram 16.557 pessoas, agora são 16.709.

Um dado que chama a atenção é que cidades menores ganharam mais habitantes do que outros municípios com maior número de moradores. Novais que tinha 5.202 habitantes, ganhou 111. Nova Aliança com 6.462 ganhou apenas 93.

Tabapuã e Uchôa são ainda piores. Tabapuã tinha 12.027 e ganhou 76 habitantes. Uchôa foi a que menos evoluiu. A cidade com 9.927, aumentou sua população em apenas 41 novos moradores. Até Elisiário que é a menor cidade de circulação do jornal com 3.406 moradores ganhou mais que Uchôa. Nesse período foram 45 novos habitantes.

(Foto: Editoria de Artes/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , , , , , , , , , ,

Related Posts