Rapaz suspeito de ameaçar ataque em faculdade de S. J. do Rio Preto é detido

Posted by at 11:46 Comments Print

O estudante de 23 anos suspeito de planejar um ataque contra uma faculdade de São José do Rio Preto foi detido na manhã desta quarta-feira (18/09/2019). Ele teria feito publicações em suas redes sociais prometendo o ataque para o último dia 16/09.

Um mandado de busca e apreensão foi expedido, onde investigadores e o delegado do 1º Distrito Policial foram até a casa dele na cidade de Icém (SP), para tentar encontrar celular, armas e possíveis artefatos explosivos. Ao chegar no local, uma irmã do rapaz teria saído do imóvel aos gritos e arremessado uma prancheta contra o delegado, que sofreu um corte na cabeça e precisou de cuidados médicos.

Simultaneamente, um grupo de policiais do GOE foi até um hotel no Centro de Rio Preto, onde o estudante estaria hospedado. Ele não apresentou qualquer tipo de reação, bem como não precisou ser algemado e foi levado para o 1º DP, onde aguarda a chegada do delegado para ser ouvido.

Representantes da faculdade Unirp, professores e até alunos procuraram a polícia na semana passada e registraram vários boletins de ocorrência contra o rapaz por ameaça. Trechos dos documentos policiais dizem que o jovem, que cursava o segundo ano de direito, vinha realizando ameaças em sua conta no Twitter e prometendo um ataque contra a faculdade.

As publicações obtidas pela Gazeta diziam: “Dia 16 é o dia em que vim nesse mundo de bandidos, tenho medo, mas essa do nunca cessaria se eu não fizesse nada”“Provavelmente vou morrer em uma sarjeta ou na cadeia com nome desonrado, por causa desses bandidos”.

Ainda de acordo com o BO, o estudante estaria vendendo um livro digital por US$ 0,99, pelo site da “Amazon”, com o título: “Como a Unirp vendeu e vende diplomas do curso de direito”.

Suas publicações teriam provocado pânico nos outros estudantes que começaram a faltar das aulas. Na última sexta-feira 13/09, a mãe do rapaz procurou a faculdade e trancou a matrícula dele.

Isso aconteceu depois que o jovem teria discutido com um professor do curso de direito. A faculdade precisou reforçar a segurança da unidade que fica no bairro Boa Vista.

(Foto: Colaboração leitores)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts