Rapaz de Potirendaba é preso se passando por policial e ‘extorquindo’ traficantes em São José do Rio Preto

Posted by at 17:57 Comments Print

Um rapaz de 21 anos, morador de Potirendaba, foi preso em flagrante no final da tarde desta última segunda-feira (07/05/2018), quando se passava por policial extorquindo traficantes de um bairro de São José do Rio Preto. Bruno Henrique Sesso Evangelista foi candidato a vereador pelo PSDB nas últimas eleições da cidade e teve 38 votos.

Atualmente o rapaz trabalhava como vigilante junto com outros três suspeitos em Rio Preto, onde foram presos com armas ilegais e drogas tomadas de traficantes. Segundo o boletim de ocorrência, uma viatura fazia patrulhamento pelo bairro João Paulo II quando flagrou o que parecia uma abordagem realizada por policiais à paisana.

Valdomiro Valentim de Paula Neto, de 22 anos, usava um distintivo no pescoço, além de uma arma de brinquedo. Com a chegada da polícia, o terceiro suspeito, Paulo José Mariano, de 47 anos, que estava no carro dando cobertura, tentou fugir abandonando os dois colegas no local da abordagem, mas foi detido poucos quarteirões à frente.

À polícia, os três contaram que agiam como se fossem policiais por admirarem a profissão. Além do bairro João Paulo, eles realizavam abordagens à traficantes e apreendiam drogas também no bairro Renascer.

O disfarce contava ainda com sirene instalada no veículo, um Gol, que pertence a Bruno. Dentro do carro a polícia encontrou um revólver calibre 22 com a numeração raspada e municiado com seis cartuchos, mais uma réplica de uma pistola, quatro celulares, dois coldres, um par de algemas, um cassetete, um rádio comunicador, além porções de maconha e pinos de cocaína.

Valdomiro assumiu ainda que guardava em sua casa, no bairro Jardim Maracanã, drogas que eram de traficantes. No imóvel a polícia apreendeu um tijolo de maconha, 24 porções da mesma droga e oito pinos de cocaína.

Os três que não tinham passagens pela polícia foram presos em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e usurpação de função pública. O advogado dos três disse que vai entrar com liminar pedindo a liberdade provisória deles, tendo em vista que todos são réus primários, possuem residência fixa, registro em carteira e não representam perigo para a ordem pública.

Bruno, Valdomiro e Paulo estão presos no Centro de Detenção Provisória de Rio Preto.

Bruno Sesso:

O jovem com carreira promissora, começou cedo trabalhando como locutor de uma rádio comunitária de Potirendaba. Em 2014 entrou para a faculdade de jornalismo, porém abandonou os estudos dois anos depois. Mesmo sem formação, Sesso obteve o registro de MTB de jornalista.

Em 2016, o rapaz se candidatou para vereador na coligação da chapa do candidato derrotado, Alcides Pavan, pelo PSBD. Na disputa, Bruno fez 38 votos.

Morando em Potirendaba desde que nasceu, o rapaz educado, de muitos amigos, atuou como coroinha da igreja Matriz Senhor Bom Jesus, durante anos. Tempos depois começou a trabalhar em uma rádio de Cedral e desde então passou a trabalhar como vigilante em Rio Preto.

Ninguém da família de Bruno foi encontrado para falar sobre o assunto.

(Foto: Colaboração Polícia Militar)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts