Rapaz de Guapiaçu preso pela Polícia Federal se passava por dono de agência de modelos e pedia fotos das crianças nuas

Posted by at 12:01 Comments Print

O rapaz de Guapiaçu preso nesta última quinta-feira (18/05/2017) na operação da Polícia Federal contra a pedofilia, se passava por dono de agência de modelos e pedia fotos das crianças nuas. O jovem de 20 anos que não teve o nome divulgado pagou fiança de quase R$ 10 mil e saiu no mesmo dia.

Segundo o delegado André Luiz Previato Kodjaoglanian, após rigorosa investigação, agentes descobriram que o morador de Guapiaçu armazenava imagens de crianças nuas em seu computador. “Ele criava perfis falsos no Facebook, tipo de agências de modelos, para convidar crianças de 6 a 15 anos a enviarem fotos nuas para ver se elas se enquadravam na falsa agência de modelos”, diz.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito criava perfis de mulher que seria o de uma agenciadora. Nas primeiras conversas, as crianças mandavam fotos com roupas e da forma como evoluía o diálogo, ele pedia fotos nuas.

Como a polícia constatou que o suspeito apenas armazenava as imagens, ele pagou fiança de dez salários mínimos, R$ 9.370,00, e vai responder ao crime em liberdade.

Os HD’s de computador e um celular apreendidos na casa dele serão analisados e caso seja provado que ele também compartilhava as fotos, a penalidade pode ser revertida e o jovem será preso.

(Foto: Tatiana Pires/Diário da Região)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts