Quadrilha que assaltou prédio em S. J. do Rio Preto (SP) é presa na Baixada Santista

Posted by at 10:20 Comments Print

Quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Uma quadrilha com pelo menos sete pessoas e especializada em roubos de prédios de alto padrão foi presa na Baixada Santista. O bando é suspeito de ter assaltado o condomínio Ulisses Jamil Cury e feito moradores reféns, no dia 03/07/2020, em São José do Rio Preto (SP).

Durante coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (20/08), o delegado do DEIC, Paulo Buchala Junior, disse que o grupo é especializado em roubos de condomínios verticais de alto padrão e foi através de um aparelho celular que os criminosos foram presos.

“Eles já estavam sendo investigados por terem cometido, pelo menos, cinco roubos em várias partes do estado. A quadrilha é composta por integrantes da região do ABC e da Baixada Santista, onde foram presos após o rastreamento de um celular de uma vítima de Santos”, explica.

Ainda segundo o delegado, antes de cometer o crime a quadrilha estudava os imóveis e alugava um apartamento para poder ter acesso ao prédio. Cada integrante tinha sua função, como locatário, chaveiro, papeleiro e executores.

“É uma quadrilha muito bem preparada que, antes de atuar na cidade, procurava o imóvel pela internet, estudava os condomínios e escolhia sempre prédios de alto padrão. O membro que era o locatário usava como desculpa que havia dado algum problema no apartamento alugado e que chamaria uma equipe de sua confiança, onde aí entravam os outros criminosos para praticar os crimes”, diz Paulo.

Quadrilha escolhia joias e moedas estrangeiras

O delegado explica ainda que os objetos mais desejados pelo bando eram joias e moedas estrangeiras. Na maioria dos casos, eles pretendiam cometer furtos, porém, caso tivesse algum morador ou funcionário, eles os faziam reféns e cometiam assaltos.

Pelo menos sete criminosos foram presos na semana passada, durante uma investigação conjunta realizada por policiais de Rio Preto, Santos e São Bernardo do Campos (SP). As investigações ainda continuam para tentar identificar outros integrantes. Todos estão presos na Baixada Santista.

(Fotos: Reprodução circuito interno e Diário da Região)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts