“Quadrilha do interfone” que fez várias vítimas na região é presa depois de ser identificada pela polícia de Potirendaba

Posted by at 12:16 Comments Print

A PRISÃO

O trabalho do Setor de Investigação da Polícia Civil de Potirendaba pôs fim a ação de uma das maiores quadrilhas de furto à residência na nossa região. A “Quadrilha do Interfone” que fez diversas vítimas, principalmente em Potirendaba, foi presa depois de passar por um radar inteligente na cidade de Borborema (SP).

Três criminosos foram presos no carro, um Gol prata, com placas NYE-8952 de Sertãozinho (SP), que era utilizado para cometer os crimes. L.E.Z., de 22 anos, J.V.S.B., de 24 anos e D.D.S.S., de 27 anos, são os suspeitos de integrarem a quadrilha.

Dentro do veículo foram encontradas diversas garrafas de bebidas, dinheiro, joias, calçados e ferramentas que eram usadas para arrombar cofres e fechaduras. Todos estes produtos foram furtados de uma casa na cidade de Tupã (SP) e na volta foram abordados pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e presos. O bando foi levado para a delegacia de Borborema e presa em flagrante por furto qualificado de residência.

A INVESTIGAÇÃO

Um trabalho de meses de investigação que resultou na prisão do bando. A prisão acontece pouco mais de um mês após a quadrilha cometer um furto em Potirendaba. O setor de Investigação Gerais de Potirendaba (SIG), conseguiu identificar o veículo com a ajuda de imagens de circuito de câmeras próximas.

Policiais conseguiram identificar os três rapazes e até localizar o endereço de cada um deles. “Se tratando de uma quadrilha especializada em furto de residências na nossa região, os produtos furtados infelizmente não conseguimos recuperar, pois certamente eles já tinham os receptadores certo para isso”, disse o delegado de Potirendaba, Adriano Nasser.

A AÇÃO

A ação do bando é minuciosamente calculada. Eles chegam em um veículo com placas de outra cidade, um deles desce, toca o interfone por vários minutos até ter total certeza se realmente há alguém no imóvel ou não.

Sem ninguém em casa, um deles estoura o miolo da fechadura dos portões e das portas com chaves de fenda. Em poucos instantes os ladrões já estão dentro das casas prontos para realizarem o limpa, ou melhor, o furto.

Os bandidos tem foco apenas em objetos caros e de venda fácil. Óculos de marca, celulares caros, relógios, perfumes importados, televisões, dinheiro, armas e joias, principalmente joias.

Mas nem todas as casas são alvos desta quadrilha. A polícia diz que imóveis de empresários da cidade e que não tem câmeras ou sistemas de segurança eram os preferidos destes ladrões.

A suspeita é de que a quadrilha estudava vítima por vítima, avalia perfil e padrão de casa e de vida para então cometer o crime. Diversas famílias foram furtadas desse tipo em Potirendaba e também em outras cidades da região como Uchôa e Ibirá.

(Fotos: Divulgação Polícia Militar)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts