Procura por vacina contra sarampo aumenta 57% em Potirendaba; Estado confirmou primeira morte pela doença

Posted by at 11:06 Comments Print

Após a confirmação de uma morte por sarampo nesta última quarta-feira (28/08/2019) e os números não pararem de aumentar, a procura pela vacina em Potirendaba aumentou em mais de 57%. O estoque no município ainda está alto, mas o Ministério da Saúde já alerta que pode faltar a dose.

A confirmação da morte foi divulgada pela Secretaria Estadual da Saúde do estado de São Paulo no atual surto da doença. O óbito aconteceu na capital paulista e a vítima é um homem de 42 anos, sem registro de imunização.

São Paulo não registrava uma morte por sarampo desde 1997, quando o estado enfrentou uma epidemia do vírus. De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, o estado tem 2.457 casos da doença. A maior parte deles (66%) se concentra na capital paulista, que tem 1.637 pessoas contaminadas pela doença.

Em Potirendaba uma criança está com suspeita de sarampo. Ainda não há confirmação do resultado, e, felizmente, o menino de 1 ano que também não havia sido imunizado, está fora de risco.

De janeiro até agora, 627 pessoas foram imunizadas na cidade. A maior procura foi registrada neste mês de agosto, onde até o último levantamento realizado a pedido da Gazeta nesta última quarta, o aumento havia sido de 57,5%.

De janeiro a julho, 398 pessoas haviam procurado as salas de vacina para se imunizarem. Nestes 28 dias de agosto, 229 pessoas foram imunizadas.

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Saúde, Potirendaba tem 700 doses da vacina e o foco é vacinar crianças de 6 a 11 meses de vida, já que elas são a população mais vulnerável, e representam cerca de 13% do total de casos registrados. O Ministério da Saúde já alertou no começo desta semana que pode haver falta da vacina, devido ao surto.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Saúde Últimas Notícias , , ,

Related Posts