Prefeitura de Cedral (SP) proíbe venda de bebidas e fecha comércios aos finais de semana

Posted by at 9:10 Comments Print

A Prefeitura de Cedral (SP) também criou um decreto nesta última quinta-feira (16/07/2020) que proíbe a venda de bebidas alcoólicas e fecha todos os comércios não essenciais aos finais de semana. A ação acontece depois que São José do Rio Preto (SP) criou a mesma medida para tentar conter o avanço da COVID-19.

O decreto assinado pelo prefeito da cidade, Paulo Ricardo Beolchi de Lucas, (Janjão), vale até o dia 30 de julho, podendo sofrer alterações. Popularmente chamada de Lei Seca, a determinação começa a valer já a partir deste fim de semana.

O chefe do Executivo levou em consideração a criação do decreto da vizinha Rio Preto, que fica a 16 quilômetros de Cedral. Ele disse que poderia haver um êxodo de moradores para Cedral no período em que os supermercados e hipermercados estivessem fechados, bem como no período em que as bebidas alcoólicas não puderem ser comercializadas.

Janjão levou em consideração ainda que o município de Cedral depende dos leitos de UTI de Rio Preto e que, com a determinação do decreto, os municípios limítrofes, poderão sofrer grandes impactos em saúde pública, em especial o aumento de casos de COVID-19.

A partir de hoje fica proibida a venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais, de qualquer natureza, sem exceção, das 19h às 6h00, de segunda à sexta-feira. Aos sábados e domingos a venda está proibida em qualquer horário.

Na cidade, todos os comércios não essenciais ficam proibidos de funcionar, exceto farmácias, postos de combustíveis e padarias que só poderão funcionar aos sábados e domingos até 10h. As lojas de conveniência não poderão funcionar.

Supermercados e mercearias poderão manter suas atividades aos sábados e domingos, mas somente por sistema de entrega em domicílio (delivery). O sistema drive thru está proibido.

Até a última atualização divulgada pelo município, Cedral tinha 43 casos confirmados do novo coronavírus e duas mortes. 105 casos ainda são considerados suspeitos.

Do dia 1º ao dia 14 de julho, o número de casos de COVID-19 na cidade já é 14% maior do que o mês passado inteiro. Os dois óbitos na cidade foram registrados só nesta primeira quinzena de julho.

REGIÃO

Outras cidades da região também estão fechando o cerco para colaborar com São José do Rio Preto. Nas redes sociais, moradores postam que vão sair de Rio Preto e ir comprar bebida nas cidades vizinhas.

Até agora já aderiram ao decreto do prefeito Edinho Araújo, as cidades de Cedral, Mirassolândia e também Ipiguá. A determinação segue o mesmo molde de Rio Preto, com as mesmas restrições.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts