Preços dos ovos de páscoa se mantém e consumidor pode parcelar produto em até 3x sem juros

Posted by at 13:27 Comments Print

Os preços dos ovos de chocolate se mantiveram de 2018 para 2019 e para atrair os consumidores, comércios da região tem adotado estratégias valiosas. As compras dos produtos podem ser parceladas em até três vezes sem juros.

Renato Maluf é proprietário de supermercados em Potirendaba e Nova Aliança e diz que 80% dos produtos se mantiveram com os mesmos preços do ano passado. Com o objetivo de aumentar as vendas, ele adotou uma promoção onde o consumidor pode parcelar as compras dos ovos de páscoa.

“As compras de ovos com parcela mínima de R$ 30 o consumidor vai poder parcelar em até três vezes sem juros. Para quem precisa presentear e comprar vários ovos esta é uma ótimo oportunidade, pois a gente sabe que não é um produto barato e essa modalidade facilita”, explica.

Como o brasileiro deixa tudo para a última hora, os comerciantes esperam que as vendas tendem a aumentar a partir desta quarta-feira (17/04/2019). As caixas de bombons ainda são as campeãs de vendas, tendo em vista que são mais baratas e com muito mais chocolate.

Mesmo quem ainda prefira os ovos de chocolate, é possível encontrar o produto sendo vendido em alguns supermercados a partir de R$ 15,00. Os mais caros, de até um quilo, não ultrapassam os R$ 70,00.

As perspectivas para o período são de que as vendas tenham aumento de 4% a 5% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo comerciantes, o cenário econômico é melhor do que 2018 e as novidades implementadas pela indústria deverão atrair os consumidores.

“A situação econômica deste ano é melhor do que em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo passando ainda por um processo de recuperação lenta, os consumidores estão mais confiantes e a confiança é um elemento fundamental para o consumo”, diz o economista Augusto Firmino de Souza.

Outra notícia positiva é o preço dos chocolates, item mais procurado pelos consumidores nesta época do ano. Os preços em 2019 estão iguais ou até mais em conta do que no ano anterior, e a indústria aposta na volta da compra de ovos maiores e das linhas gourmet.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Destaques Economia Últimas Notícias , ,

Related Posts