POVO NAS RUAS: Onda de protestos fecha estádio no DF contra corrupção

Posted by at 12:59 Comments Print

A onda de protestos não para e desta vez, centenas de estudantes se reúnem nos arredores do estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), onde a Seleção Brasileira estreia na Copa das Confederações, contra o Japão, a partir das 16h00.

O objetivo dos estudantes é demonstrar a revolta por conta dos gastos Federais vultuosos com a realização da Copa das Confederações.

Com faixas com dizeres contra a corrupção e a favor da liberdade de expressão, milhares de estudantes fizeram questão de explicitar que o ato é pacífico e muitos carregavam faixas com escritos “sem violência”.

Esse é o segundo movimento de protesto direcionado para a Copa das Confederações. Nessa sexta-feira (14), também nas proximidades do estádio Mané Garrincha, manifestantes queimaram pneus como forma de protestar contra a organização da competição, que terá início neste sábado.

Na quinta-feira, movimentos tumultuados contra o aumento geral da passagem de ônibus terminaram em agressão da Polícia militar em várias capitais do país, principalmente Rio de Janeiro e São Paulo.

A revolta se dá pelos gastos nas construções e reformas dos estádios, e o não investimento em escolas e creches e outras instituições, conforme escreveram manifestantes em faixas e cartazes.

Apesar de não haver violência, a PM fez barreira a uma certa distância do estádio no Distrito Federal para que os manifestantes não prejudiquem a chegada dos torcedores que irão acompanhar a estreia da seleção, que deve chegar por volta das 15h.

Mas, na sequência, um grupo de estudantes rompeu uma segunda barreira e se aproximou do estádio. O batalhão de choque começou a negociar com manifestantes e o clima ficou mais tenso com fumaças e estouros de bombas, apesar de, por enquanto, não haver feridos ou autuados.

(Fonte: Globo.com)

Destaques Nacional Últimas Notícias ,

Related Posts