POTIRENDABA: Agressões e boca de urna são registrados pela polícia; Suspeito de agressão é chefe da Guarda Municipal

Posted by at 16:32 Comments Print

Luiz Aranha

luiz@gazetainterior.com.br

Como já previsto pela população, violência e desrespeito às leis marcaram mais um ano eleitoral neste domingo (7), em Potirendaba.

A doméstica, Aleandra Perpétua Perfeito (34), registrou boletim de ocorrência na tarde deste domingo, alegando que o chefe e coordenador de segurança municipal, Ozias Correa de Oliveira, teria tentado atropelar a mulher. Ela teve escoriações na perna depois de cair no chão.

De acordo com depoimento, Antônio Carlos Palmeira, (23), esposo de Aleandra, teria sido ameaçado com um revólver também por Ozias.

Por telefone, Ozias negou qualquer tipo de agressão e disse não conhecer a doméstica.

Já o agrônomo, Pedro Alberto Garcia, candidato impugnado pelo PMDB, foi detido por boca de urna em um dos colégios eleitorais da cidade. De acordo com a Polícia Civil, Garcia foi flagrado pelo promotor de justiça da 126ª Zona Eleitoral, Rodrigo Vendramini.

O homem que foi encaminhado para a delegacia, prestou esclarecimentos e foi liberado. A justiça eleitoral tem até 30 dias para receber o inquérito e ouvir Pedro.

Continue acompanhando nossa programação.

Eleições 2012 é aqui na Gazeta do Interior.

(Fotos: Luiz Aranha)

 

Destaques Política Últimas Notícias , , , ,

Related Posts