Por dia cerca de 500 brasileiros descobrem que têm diabetes

Posted by at 20:54 Comments Print

Diogo De Maman

diogo@gazetainterior.com.br

 

A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima cerca de 500 pessoas seja diagnosticada com diabetes diariamente em todo o país. Também segundo a OMS, estima-se que existem mais de 10 milhões de diabéticos e metade desse número não sabe que está com a doença.

A diabetes é caracterizada pelo aumento no número de glicose no sangue, que pode ser diagnosticado através da medição do índice glicêmico. Quando não controlada, a diabetes pode trazer diversas complicações como infarto, doenças renais e derrames. Ao todo, cerca de 6% da população mundial tem diabetes, sendo que 50% não têm conhecimento da doença.

Existem dois tipos da doença que são mais comuns: a diabetes tipo 1 e a diabetes tipo 2. Segundo o especialista em clínica médica, Hercules Finato, a diabetes tipo 1 ocorre uma falência do pâncreas, órgão que produz a insulina, mas consegue estimular o pâncreas com medicamentos. Já no Tipo 2, que é a forma mais comum do diabetes, a medicação não resolve para estimular o pâncreas, pois, ele não responde aos medicamentos.

A dona de casa Maria Helena Baria de Carvalho, de 59 anos, moradora de Uchoa, tem a diabetes tipo 2. Ela fala que descobriu que tinha a doença há oito anos e toma insulina três vezes por dia, além de tomar outros remédios para o controle da doença.

Ela não reclama de deixar de comer doce, mas sente falta do carboidrato à vontade. Mesmo com a doença, ela afirma não passar vontade e descumpre a dieta. “Quando estou com vontade de comer o pão e o macarrão eu como, mas logo em seguida já sinto a minha boca ficar seca por causa da diabetes”, explica dona Maria.

A obesidade aliada ao sedentarismo é o grande responsável de se adquirir a doença. O médico afirma que o excesso de açúcar consumido por jovens e crianças faz o número de diabéticos, entre eles, ser muito maior que há 30 anos. E a forma de evitar a doença é praticar atividade física, evitar o açúcar e comer verduras, frutas e legumes.

E para quem descobriu a doença há pouco tempo o especialista afirma que dá para viver normalmente, mas que tem que viver obedecendo às regras. Dona Maria Helena é a prova disso. “Achei que fosse morrer. Você ouve que não pode comer isso, não pode comer aquilo, mas aprendi a conviver com a doença e hoje levo uma vida normal. Uma coisa boa a diabetes me trouxe foi fazer-me parar de fumar”.

Alguns sintomas da diabetes:

Cansaço extremo
Náusea
Aumento da quantidade de urina
Sede além do normal
Perda de peso
Visão embaçada
Infecções frequentes

Saúde , ,

Related Posts