População de Catiguá ganha 74 casas populares

Posted by at 9:12 Comments Print

Foram sorteadas, no último sábado (26), mais 74 casas da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), em Catiguá.  Ao todo, 493 famílias de baixa renda se inscreveram para o sorteio.

Elas concorreram a casas com dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 56,67 m² de área construída. As unidades foram projetadas segundo conceito do desenho universal e contarão com piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos na cozinha e no banheiro, laje, estrutura metálica no telhado, muro de divisa entre os lotes, passarela de acesso e instalação hidráulica preparada para receber aquecedor solar para água do chuveiro.

Das 74 unidades, 7% são destinados a pessoas com deficiência e 5% a idosos. Vinte e uma unidades foram reservadas para famílias que vivem em área de risco. As demais casas foram sorteadas entre a população em geral inscrita, sendo duas para pessoas que vivem sozinhas.

As famílias sorteadas agora passarão pelo processo de habilitação, que será realizado nesta terça-feira, 29 de setembro, no Salão Paroquial, na Praça São Sebastião. Agora elas deverão comprovar os requisitos exigidos para participar do programa habitacional.

É preciso ter renda entre um e dez salários mínimos, morar no município há pelo menos três anos ou atestar que o chefe da família trabalha em Catiguá no mínimo pelo mesmo período, não possuir imóvel ou financiamento habitacional e não ter sido atendido em outros programas habitacionais de interesse social. Os idosos precisam ter idade mínima de 60 anos e indivíduos sozinhos 30 anos ou mais.

O conjunto habitacional, localizado na Rua Fortunato Aguiar, s/nº, é viabilizado em parceria com a prefeitura, que doou o terreno e administra as obras. A CDHU repassa os recursos financeiros ao município e supervisiona todas as etapas dos trabalhos. O investimento nesta obra é de R$ 7,4 milhões.

As famílias atendidas terão prazo de 25 anos para quitar o financiamento habitacional. As prestações receberão subsídios do governo estadual, sendo calculadas de acordo com a faixa de renda de cada família. Assim, aquelas que ganham de um a três salários pagarão o equivalente a 15% do rendimento.

Cidades Últimas Notícias

Related Posts