Polícia investiga envenenamento de cães em Potirendaba; até animais no quintal de casa estão sendo mortos

Posted by at 21:08 Comments Print

Na foto animal que sobreviveu ao envenenamento

A Polícia Civil vai investigar o envenenamento de mais de cinco cachorros nos últimos dias, em Potirendaba. Quatro já morreram e só um sobreviveu. Até animais dentro do quintal de casa estão sendo mortos.

Os primeiros cães foram encontrados sem vida na praça da Igreja Matriz no último sábado pela manhã. Os três animais foram vistos em um dos cantos do jardim por populares.

Um grupo de protetores de animais da cidade, “Focinhos Carentes”, formado por 15 pessoas, está acompanhando o caso e se revoltou com a crueldade. Juliana Carla Ortunho é estudante do curso de medicina veterinária e uma das voluntárias. Ela conta que recebe ajuda de pessoas e empresas para cuidar dos cães que não tem um lar.

“Fazemos de tudo para cuidar deles, estou colocando bicho até na empresa da minha mãe e vem um ser que quer matá-los. Isso não é justo”, diz.

A estudante fala ainda que estava prestes à adotar um cachorro e estava cuidando dele em seu trabalho, mas que há alguns dias o animal desapareceu. “Eu estava tão apegada a ele. Para mim é uma tristeza chegar no trabalho e não encontrar ele”, comenta.

Eder Romero Martins é comerciante e conta que na noite da última terça-feira (10), quando chegou do serviço, viu a cachorra de nome Jade, já desmaiada no quintal de casa. “Cheguei e encontrei ela agonizando, toda suja de vômito e fezes. No vômito dela havia comida e a gente nunca deu comida pra ela, só ração”, conta.

Martins fala ainda que colocou ela no carro, levou para um hospital veterinário de São José do Rio Preto, mas infelizmente ela não sobreviveu. “Lá os veterinários confirmaram que ela tinha sido envenenada. Eu não consigo imaginar quem pode fazer uma crueldade dessas com os animais”, diz.

A outra cachorra que também foi encontrada com sintomas de envenenamento foi levada para uma clínica veterinária de Potirendaba onde está internada e recebe tratamento. Felizmente ele não corre risco de morte.

A Polícia Civil de Potirendaba já está investigando o caso.

(Foto: Colaboração Juliana Ortunho)

Cidades Destaques Últimas Notícias

Related Posts