Polícia de Potirendaba identifica estelionatário que comprava na OLX e depositava envelope vazio

Posted by at 12:43 Comments Print

Pelo menos três pessoas já procuraram a polícia para registrar queixa contra uma dupla de estelionatários que compram produtos pelo site de compras OLX e depositam envelopes vazios nas contas dos donos dos produtos anunciados.

Até agora os dois fizeram vítimas em Potirendaba, Urupês e Ariranha. O pedreiro, M.R.P., de Ariranha anunciou um aparelho de ar condicionado no site que é nacionalmente conhecido e infelizmente foi um dos que caiu no golpe.

Segundo ele, o criminoso de 28 anos, teria entrado em contato por telefone afirmando interesse em comprar o produto. Ele e outro comparsa saíram de São José do Rio Preto e foram até Ariranha buscar o aparelho.

“Ele me disse que quem faria o pagamento seria o pai dele, lá em Catanduva, e que viria buscar o aparelho. Ele chegou em casa em um Gol prata e apresentou o comprovante de depósito, deu o número dos documentos para minha esposa e foi embora. A sorte que ela anotou a placa do carro dele”, afirma.

No dia seguinte M. foi consultar seu saldo bancário e constatou que o envelope depositado estava vazio. A vítima então procurou a polícia, registrou um boletim de ocorrência, mas descobriu que os documentos apresentados eram falsos.

Em Potirendaba, o auxiliar de produção, J. S de O., foi outra vítima da dupla. Ele anunciou uma televisão de 48 polegadas no site e também caiu no mesmo golpe.

“Eu anunciei por R$ 1,5 mil e ele disse que faria o depósito na Caixa Federal da Avenida Nossa Senhora da Paz, lá em Rio Preto. Ele chegou aqui, mostrou o comprovante e foi embora com a televisão em um Gol prata, junto com um comparsa”, explica.

Após investigações, os policiais de Potirendaba chegaram até um dos autores, B.F.S., de 28 anos, que mora no bairro Jardim Nazareth, em Rio Preto. Na casa dele, estava apenas a mulher dele que autorizou a entrada dos investigadores.

O ar condicionado do pedreiro de Ariranha foi encontrado na casa de B., apreendido e levado para a delegacia de Potirendaba. O advogado dele disse aos policiais que o autor se apresentaria na delegacia da cidade nesta terça-feira (23/01/2018), o que até o fechamento desta reportagem não aconteceu.

De acordo com os policiais, o carro usado no crime está no nome de uma pessoa de Catanduva e teria sido comprado exclusivamente para cometer os crimes. A polícia pede para que outras pessoas que tenham caído no mesmo golpe procurem a delegacia mais próxima e registre o crime.

Caso o autor não se apresente, ele será indiciado pelo crime de estelionato. A polícia ainda procura o segundo suspeito e tenta localizar o carro e recuperar os demais objetos.

(Fotos: Colaboração Polícia Civil)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , ,

Related Posts