Plugado: O caso Fátima e o Velório do Pânico

Posted by at 18:39 Comments Print

Jonas Garcia

jonas@gazetainterior.com.br

O CASO FÁTIMA

Como falado semana passada, o Programa diário “ Encontro com Fátima Bernardes” teve sua estreia na tv brasileira com um ibope há muito antes não visto no horário. Durante a exibição. O programa chegou a dar picos de 11 pontos no Ibope.

Embora as críticas em vários sites e revistas especializadas estavam cada vez mais ácidas, na qual diziam que o programa estava sem sal, que não havia novidade alguma ou ainda detalhes sobre a iluminação do cenário que segundo os críticos é muito escura para o horário matutino, a emissora estava feliz com o resultado no Ibope, sinal de que todo o anúncio realizado e todas as aparições de Fátima em programas da casa tinham surtido efeito. Mero engano.

Na terça feira, todos esperavam um novo programa, com novas pautas, um pouco mais animado que o anterior, mas não. Mais do mesmo, com assuntos já batidos e muito debatidos o programa amargou sua primeira derrota, perdendo para o SBT que no horário exibia desenhos com o grupo de mutantes X-Man.

O que se temia, aconteceu! O público infantil orfão do extinto programa “Tv Globinho”, migrou todo para o SBT afim de ver desenhos, ainda mais se tratando de uma época em que todas as crianças estão em casa, já que é período de férias.

E assim foi durante toda a semana, com ibope na casa dos 5 a 8 pontos, com desenhos na frente, mesmo contra Ronaldo e assuntos da copa do mundo 2014.

Vale lembrar que agora com os resultados em mãos, é bem provável que várias alterações sejam feitas aos poucos para que o programa vá se adequando e conseguindo cada vez mais telespectadores, pois o que é inaceitável para a emissora é perder.

Diferente de todo o ocorrido com a senhora ‘Bonner’, Pedro Bial estreia sem muito alarme da mídia o seu semanal “ Na moral” que, segundo as chamadas, será também um programa de bate papo, no entanto, um pouco mais quente. É esperar para ver!

MUDANDO DE ASSUNTO:

Embora muitos não tenham gostado e isso pode ter rendido a Turma do Pânico mais um processo, a crítica feita na semana passada no programa com o velório do personagem Silvio Santos veio muito a calhar. Durante a exibição do programa da semana passada, todos os integrantes se vestiram de preto e velavam, entre um quadro e outro, o personagem “Silvio Santos” interpretado, há mais de nove anos, por Wellington Muniz, famoso Ceará.

No decorrer do programa, Emilio Surita, dizia estar pasmo por ter que enterrar uma piada, que uma coisa dessa seria inimaginável e que o povo brasileiro, de uma forma geral, precisaria ter mais bom humor ou o famoso “far play”. Tudo isso por que, Silvio Santos (o verdadeiro) entrou com uma ação civil pública contra o programa e toda a equipe por uma piada realizada onde faziam uma dublagem do apresentador dizendo um palavrão. Sendo assim, a justiça decretou que os integrantes terão que permanecer, no mínimo, 100 metros de distância do apresentador e que qualquer menção ao mesmo acarreta multa de até R$100 mil.

Óbvio que existem várias maneiras de se fazer uma crítica quanto ao ocorrido, pois mexer com a morte, ou com um momento tão delicado, quanto este, é um tanto quanto perigoso, ainda mais para o povo brasileiro que ainda mantém seus costumes.

(Fotos: Reprodução TV Globo/ Tv Bandeirantes)

 

Destaques Jonas Garcia Últimas Notícias , , , , , ,

Related Posts