Pecuaristas tem até o dia 7 deste mês para entrega de relatório de vacinação contra febre aftosa

Posted by at 17:11 Comments Print

Produtores rurais de todo o estado tem até o dia 7 de junho para a entrega do relatório de vacinação contra a febre aftosa. Em Potirendaba, a estimativa é de que 25 mil animais foram vacinados.

A campanha que teve início no dia 1º de maio, terminou no último dia 31. A estimativa é de que 4,7 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos), entre zero e 24 meses, das 11 milhões de cabeças foram vacinados só no Estado de São Paulo .

Segundo o auxiliar de apoio agropecuário de Potirendaba, Aloísio Antônio Gonçalves, a maioria ainda não entregou os relatórios. “Temos 15 que já foram entregues e ainda faltam 46 produtores, porém todos sempre entregam na data certa”, comenta.

O produtor José Antonio dos Santos se antecipou e enviou o relatório pela internet. O criador conta que vacinou com antecedência seu rebanho de 40 cabeças. “O importante é não deixar para a última hora, já que tem vacinar é melhor fazer antes e cumprir com o dever”, conta.

O comunicado deve ser enviado ao órgão oficial de Defesa Agropecuária ou por meio do sistema informatizado Gedave. É necessário ainda declarar todo o rebanho bovídeo e os animais de outras espécies existentes nas propriedades, incluindo os equídeos (equinos, asininos e muares), suídeos (suínos, javalis e javaporco), caprinos, ovinos e aves (granjas de aves domésticas, criatórios de avestruzes).

A vacinação contra a febre aftosa é obrigatória. O criador que não vacinar seu rebanho paga multa de R$ 125,35 por cabeça. A multa para aquele que deixar de comunicar a vacinação é de R$ 75,21 por cabeça.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Agronegócio Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts