Padres que estão realizando missas arcarão com seus atos, diz bispo de S. J. do Rio Preto (SP)

Posted by at 9:22 Comments Print

Quinta-feira, 30 de abril de 2020

Padres da Diocese de São José do Rio Preto (SP) que voltaram a realizar missas durante a pandemia do novo coronavírus foram advertidos pelo bispo Dom Tomé Ferreira da Silva. Uma carta foi enviada à todas as igrejas da região.

No documento o bispo diz que alguns municípios da Diocese estão flexibilizando a quarentena e chama os padres à reflexão antes que eles tomem alguma decisão. Tomé usa recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e até da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para defender o distanciamento social como medida segura e preventiva contra a infecção da doença.

“Por isso, se o município onde se encontra a sua paróquia está flexibilizando a quarentena, tome alguns cuidados, antes de tomar qualquer decisão, ciente de que a responsabilidade é pessoal do reverendíssimo senhor”, diz.

Na carta, Tomé deixa claro que qualquer ação civil, multa, condenação ou qualquer outra penalização por descumprimento do isolamento social será de responsabilidade dos padres e não da Paróquia ou da Diocese.

“Em nenhuma circunstância esqueça dos empobrecidos, bem como dos que precisam de apoio espiritual”, finaliza o bispo.

Desde do dia 23 de março que todas as missas foram canceladas nas paróquias da Diocese de Rio Preto. A determinação do próprio bispo visa evitar aglomeração de pessoas e o contágio em massa pela COVID-19.

Em Potirendaba, desde o dia 21 de abril que a Paróquia Senhor Bom Jesus decidiu retomar às missas. A decisão partiu após a medida assinada pelo prefeito de Potirendaba, Flávio Alves, flexibilizar o decreto estadual. Cultos, celebrações e missas já estão permitidos na cidade.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts