Operação Fratelli: Oito prefeitos da região estão na mira do MP

Posted by at 10:26 Comments Print

Oito prefeitos da região de circulação da Gazeta do Interior agora estão na mira do Ministério Público Estadual. Nesta quarta-feira (29), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), entregou os mais de 1,4 mil processos aos seus respectivos promotores.

Potirendaba, Nova Aliança, Uchôa, Guapiaçu, Urupês, Ibirá, Tabapuã e Catiguá são as cidades da nossa região que são investigadas por fraude e favorecimento em licitações com as empresas do Grupo Scamatti.

Nem todos os promotores convidados compareceram ao encontro. O promotor João Santa Terra, do Gaeco, responsável pelas investigações, entregou os autos de investigação às promotorias das comarcas com cidades envolvidas no esquema de fraudes em licitações.

Os promotores de cada localidade serão os responsáveis por indiciar criminalmente os envolvidos.

Além da parte criminal, as investigações contam agora com o apoio de um grupo especial do Ministério Público que vai cuidar dos agentes públicos, com processos de improbidade administrativa e devolução de bens públicos que foram desviados.

Foram analisados mais 1,4 mil processos licitatórios e até o momento os prefeitos de Palestina e Neves Paulista que estão em exercício já foram indiciados. A Operação Fratelli investiga um esquema de desvios de verbas públicas que pode ultrapassar R$ 1 bilhão. Foram presas 13 pessoas ligadas ao Grupo Scamatti, mas atualmente apenas Olívio Scamatti, considerado chefe do esquema continua na cadeia.

(Fotos: Reprodução SBT Interior e Luiz Aranha/Arquivo Gazeta do Interior)

Destaques Política Últimas Notícias , , ,

Related Posts