Operação Chorume faz buscas em Rio Preto; PF apreende documentos

Posted by at 12:01 Comments Print

Dando sequência a Operação Chorume, a Polícia Federal (PF) cumpriu nesta terça-feira (04/02/2020), um mandado de busca e apreensão na cidade de São José do Rio Preto.

De acordo com nota da PF, as buscas fazem parte da sétima fase da Operação Descarte, que investiga o fornecimento de matéria-prima com notas fiscais frias de fornecedores fantasmas para o Consórcio Soma, que era responsável por prestar metade dos serviços de limpeza urbana na cidade de São Paulo.

Cerca de 21 agentes cumprem mandados na capital e nas cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Francisco Morato, Santos, Itajaí, em Santa Catarina, Brasília, no Distrito Federal e Cidade Ocidental, no Goiás.

Segundo a PF, durante as investigações foi identificado um esquema que era organizado de dentro de um escritório de advocacia em São Paulo. Esse escritório era responsável por emitir as notas fiscais frias e entregar dinheiro para o Consórcio Soma e outros clientes.

Esta nova fase da operação quer apreender provas sobre os responsáveis pelo fornecimento de dinheiro em espécie. Três pessoas, segundo a nota, já foram identificadas como responsáveis pela entrega do dinheiro repassado pelo escritório. Os suspeitos indicavam as contas bancárias de empresas fictícias para as quais deveriam ser realizadas as transferências, em seguida devolviam o dinheiro em espécie, com a cobrança de uma taxa de 2 a 3% do montante por esse serviço.

As investigações são lavagem de dinheiro, evasão de divisas, sonegação tributária, violação de sigilo funcional, organização criminosa, embaraço à investigação de crime que envolva organização criminosa, bem como o aprofundamento das investigações para a coleta de indícios de autoria em relação aos crimes de corrupção ativa e passiva.

(Foto: Divulgação PF)

Cidades Destaques Últimas Notícias

Related Posts