O fim: Depois de sete anos de sucesso, Carnapoti deixa de ser realizado

Posted by at 6:00 Comments Print

Ninguém esperava, mas aconteceu. Um dos maiores e mais tradicionais carnavais da nossa região, como todos já sabem, este ano não vai ser realizado. Cidades da nossa região estão cancelando os eventos por falta de verbas e outras estão sendo impedidas pela justiça de realizar a festa mais tradicional do calendário. Em Potirendaba a justiça determinou o cancelamento do Carnapoti, evento que, todos os anos, reunia mais de 40 mil pessoas nas quatro noites.

O juiz da cidade, Mauricio José Nogueira, acatou o pedido do Ministério Público e proibiu a realização da festa, em 2016, na cidade. O descumprimento da liminar prevê multa diária em R$ 500.

Segundo a decisão do juiz, de acordo com a documentação apresentada pelo M.P., em anos anteriores a prefeitura teria descumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em relação aos direitos do consumidor, às normas de segurança e às regras de proteção à Infância e Juventude.

Em entrevista à Gazeta, a prefeita da cidade, Gislaine Montanari, disse que lamenta a situação. “Sou obrigada a cumprir a decisão. Porém já recorremos e vamos fazer de tudo para que o carnaval aconteça”, diz.

“Sendo assim defiro a liminar para determinar a suspensão das Festividades do réveillon e Carnaval 2016, em espaços públicos abertos, abstendo-se de realizar os eventos em qualquer localidade que possa expor a população a risco, até completa adequação às exigências formuladas pelos órgãos públicos responsáveis pela sua fiscalização, a ser comprovada por meio de documentos que atestem sua aprovação, facultando-se tal expediente à ré”, diz trecho da decisão.

Uma multa diária no valor de R$ 500 será aplicada ao município caso haja descumprimento. A ação impetrada pelo Ministério Público partiu de uma denúncia anônima com fotos de alguns adolescentes que entraram no camarote open bar no ano passado.

“Infelizmente quem fez uma denúncia dessas não gosta de Potirendaba. Tivemos acompanhamento todas as noites do Conselho Tutelar na portaria impedindo a entrada de menores e não vendemos nenhum convite para menor de 18 anos. Infelizmente o que pode ter ocorrido é algum desses jovens ter entrado com documento falso, porém nós não temos culpa disso e já nos justificamos”, afirma a prefeita.

Quanto ao descumprimento do TAC, Montanari afirma que não foi comunicada em nenhum momento do descumprimento do Termo. “Cumprimos tudo o que nos foi exigido nos mínimos detalhes, colocando catracas, seguranças particulares, contamos com apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, tivemos alvará dos Bombeiros. Gostaria de saber por que não comunicaram a gente então no dia do evento. Porque esperaram um ano para poder tomar essa decisão”, questiona.

Carnapoti pra História

A tradição do carnaval em Potirendaba não é de hoje e sim de muitas décadas atrás. Segundo a prefeita Gislaine, na década de 40, a sociedade Italiana representada por famílias que moravam na cidade saia às ruas com alegorias, onde foram fundadas as primeiras escolas de samba do município.

Com o passar dos anos, o carnaval de Potirendaba atraia mais e mais pessoas não só da região, mas como de todo o Estado e até do País. Sempre apaixonada por carnaval, Gislaine que nasceu e sempre viveu em Potirendaba, decidiu criar a escola de Samba União e Tradição.

“Havia uma disputa entre escolas de samba da cidade e a gente percebia que estava morrendo a tradição. Foi aí que decidi dar o nome de União e Tradição, para unir todas as escolas e a comunidade”, diz.

Montanari foi primeira Dama de seu atual vice, José Luiz, durante 12 anos. Com o passar dos anos buscava mais e mais novidades para o município e, com isso, novos olhares se voltavam para Potirendaba. A pequena cidade, na época com menos de 12 mil moradores, ganhava os destaques de televisões e jornais como um dos melhores e bem mais organizados carnavais da região.

“Com o passar dos anos fui percebendo a necessidade de reformular o carnaval. Quando eu me elegi como prefeita, decidi criar um estilo diferente, por que a gente já não encontrava mais pessoas interessadas em desfilar nas escolas de samba. Foi aí que contratamos um trio elétrico, com música sertaneja por ser uma região que gosta de sertanejo e o axé por ser tradição dos grandes carnavais da Bahia”, conta.

A explosão do sucesso aconteceu nos últimos sete anos. O nome Carnapoti surgiu em 2009 da ideia de uma micareta sertaneja com mistura de ritmos. De lá pra cá, além do número de pessoas triplicarem, a cidade virou referência desse estilo de carnaval na região ganhando, mais uma vez, destaque não só na imprensa regional como no país.

Em 2011, quando o evento ainda era realizado na Praça Matriz, o cantor sertanejo Gusttavo Lima veio cantar no carnaval da cidade, com um público de mais de 5 mil pessoas em apenas uma noite.

Outros shows que chamaram a atenção de toda a região no decorrer das festas foram do cantor Naldo, das duplas Munhoz e Mariano, Jads e Jadson e Pedro Paulo e Alex. Do simples e humilde carnaval apenas para uma pequena população, para um evento com capacidade para receber até três vezes do que toda a população da cidade.

“Eu adoro carnaval e é uma tristeza não podermos realizar esta festa. É uma pena, porque perde o comércio que deixa de vender, perda a população que tem menos uma opção de lazer e perde nossa cidade que deixa de evoluir”, finaliza Gislaine.

NA REGIÃO:

Em Ibirá já está tudo pronto para receber o Ibirá Folia 2016. Na cidade o prefeito alegou problemas financeiros no ano passado e decidiu cancelar o evento, mas este ano voltou a ser realizado.

A festa que é feita há cinco anos tem tradição do axé e recebe este ano Chiclete com Banana, Batom na Cueca, A Zorra e muito mais. A entrada na pista é cobrada um valor simbólico, mas que ainda não foi divulgada pela organização. Já os camarotes open bar variam de R$ 250 a R$ 280.

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Potirendaba)
(Matéria publicada na edição impressa da Gazeta do Interior do mês de janeiro de 2016)

Cultura Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts