Novo vazamento de esgoto em represa de Potirendaba incomoda moradores; Prefeitura já foi multada em quase R$ 100 mil

Posted by at 17:01 Comments Print

Cinco meses após o vazamento de esgoto que matou mais de sete mil peixes em Potirendaba, outro rompimento volta à perturbar moradores próximos. Da última vez a prefeitura do município foi multada em R$ 96 mil e ainda recorre da decisão da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental.

Em novembro de 2012, o rompimento do mesmo cano de esgoto do bairro Luis Pastorelli, causou a morte de pelo menos sete mil peixes de várias espécies na represa do Parque Ambiental Buquê de Flores. Na época, o gerente da Cetesb de São José do Rio Preto explicou que a qualidade do lago e a estrutura eram preocupantes. Nas represas de Urupês e de Nova Granada milhares de peixes também morreram no ano passado por falta de estrutura do lago.

“O que pudemos constatar foi a falta de um estudo antes de colocar os peixes e falta de um zootecnista que realiza-se um estudo ambiental antecipado para não degradar os animais”, falou o gerente Antônio Falco Júnior.

Um laudo foi emitido pela Cetesb e comprovou a contaminação da água por esgoto. A prefeitura da Potirendaba foi multada em R$ 96,869.37, recorreu da decisão, mas perdeu a primeira instância.

Na tarde desta terça-feira (30), nossa equipe de reportagem esteve no local e entrevistou quatro moradores próximos da represa e todos disseram que o mau cheiro começa no fim da tarde e se estende durante à noite.

Uma das moradoras que não quis se identificar disse que tem que jantar com as portas fechadas por que o cheiro é insuportável. “De manhãzinha o cheiro é horrível e já faz mais de uma semana que isso está assim”, disse.

José Custódio Neto que mora de frente para o lago, também reclama. “Depois que parou as chuvas começamos a sentir o cheiro forte. Temos crianças pequenas e isso incomoda a gente que mora aqui de frente”, falou.

De acordo com o gerente da Cetesb, nos últimos dias a Companhia recebeu quatro reclamações de moradores por conta do mau cheiro. “Enviamos um técnico novamente para Potirendaba nesta tarde para avaliar as causas, vamos recolher amostras da água e constatar o que está acontecendo”, disse Falco.

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura de Potirendaba informou que a prefeita do município, Gislaine Montanari Franzotti, já assinou o convênio com o Governo do Estado para a realização da obra do Emissário de Esgoto em Potirendaba.

A assessoria informou também que Gislaine vem cobrando insistentemente o Governo para que o Emissário seja construído o mais rápido possível, mas até o presente momento a obra ainda não foi iniciada no município.

Na nota consta ainda que tanto prefeitura, quanto Cetesb, cobraram hoje, (30/04), novamente o início da obra que é de total responsabilidade do Governo do Estado e não do município. Ainda de acordo com a nota, o Estado se comprometeu em resolver o problema o mais breve possível.

(Fotos: Luiz Aranha)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts