No dia do Trabalho, Potirendaba inaugura igreja de São José Operário

Posted by at 6:00 Comments Print

Após 15 anos sendo construída, Potirendaba inaugura neste 1º de maio, dia do Trabalho, a igreja de São José Operário. A obra que custou mais de R$ 1 milhão é a maior capela já construída na cidade.

Era pelo ano de 2000 quando a Paróquia do município, Senhor Bom Jesus decidiu comprar um terreno de 2 mil metros quadrados no fundo do clube de rodeio da cidade. Tudo ao redor tomado pelo mato, o que se brotava naquela imensidão sertaneja era apenas a fé e a esperança daqueles que queriam ver uma igreja erguida naquilo que era considerado, por muitos, um fim de mundo.

Padre da Paróquia já há 19 anos, Sidney Roberto Martins é o idealizador do projeto e quem escolheu o nome para a igreja. Pensada em cada detalhe, a obra que encanta com a beleza simples, faz prender o olhar em cada detalhe dessa simplicidade.

“Quando eu comecei a construção fui chamado de louco em fazer uma igreja no meio do nada. Por muito adiantado que eu estava, hoje estou atrasado”, diz o padre aos risos.

Os anos passando e a dificuldade em erguer uma das maiores igrejas do município não era apenas na parte financeira, mas também na mão de obra. Milhares de fieis voluntários participavam da construção da já então nomeada igreja de São José Operário através de mutirões, quermesses, leilões e campanhas.

140 árvores de eucalipto doadas por famílias de Potirendaba foram usadas para escorar o teto com mais de sete metros de altura. Os mais de 110 caminhões de terra usados no aterro, as vigas de concreto, toneladas de aço nos 680 metros quadrados de construção, mas nada poderia ser mais pesada do que a motivação dos potirendabanos que, além de São José, também se tornaram operários.

Luzes de led com as cores do ano litúrgico, esculturas talhadas em concreto celular, candelabros e lustres de bronze, bancos em madeira e o piso todo em granito contemporâneo. Artigos de luxo para a casa de Deus? Sim porque, não? “Se amamos a Deus e essa é a casa dele, devemos servi-lo com o nosso melhor. Quando damos algo a uma pessoa que amamos procuramos o melhor e não nos importamos com o preço”, diz um dos fieis que auxiliou na construção da igreja e que prefere não falar o nome.

Para o bispo da diocese de São José do Rio Preto, Dom Tomé Ferreira da Silva, a igreja precisa atender as necessidades dos fieis visto o crescimento da população da cidade. “Potirendaba é uma cidade que está crescendo e hoje já não cabe mais todo mundo na Matriz. Quando se constrói uma igreja, se constrói escola para a transformação das pessoas. É uma obra maravilhosa, bem planejada e a comunidade de Potirendaba está de parabéns”, diz.

Questionada a necessidade da construção de uma segunda paróquia em Potirendaba por conta do aumento significativo da população nos últimos anos e da localidade da igreja, Dom Tomé afirma que ainda não pensou na possibilidade. “Para a cidade ter uma segunda paróquia depende do número da população. Nesse momento ainda não sabemos responder porque ainda não foi colocada essa possibilidade e teremos que estudar”.

A procissão está marcada para às 16h30 desta sexta-feira (1), saindo da praça das Hortênsias sendo depois segue para a igreja de São José onde acontece a missa de inauguração.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cultura Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts