Neymar fica ou vai? “No alto dos seus 21 anos só pensa no Santos e na bela namorada Bruna Marquezine”

Posted by at 6:01 Comments Print

Olá leitores! Para me apresentar, sou Eric Carvalho, jornalista e assim como você que se interessou em ler essa coluna, um amante, um grande viciado em futebol. E por isso mesmo, dedico várias horas do meu mês estudando táticas, histórias e principalmente, assistindo muitos jogos. Mas chega de falar sobre o colunista, vamos ao que interessa: bola rolando!

Não sei se vou ou se fico….

O cara é craque, o cara é o cara. Vê-lo jogar é se sentir em uma partida de Playstation, a bola nos pés de Neymar parece um brinquedo bobo e fácil de manipular. Ah, se existissem três “Neymares” no futebol brasileiro, já pensou?

Eu, sinceramente, já estou cansado de ouvir e falar sobre a saída ou não do menino. Ele deveria ir? Não deveria? Enquanto todo mundo esquenta a cabeça pensando, ele, no alto dos seus 21 anos e do seu cabelo de calopsita só pensa no Santos e na bela namorada Bruna Marquezine. ├ö vida difícil, né? Tem que rezar mais esse garoto!

Mesmo assim, vou insistir no assunto. Só que as conversas nas rodas de futebol tem mudado um pouco. Depois de expulsões e exibições abaixo da expectativa pela Seleção Brasileira, o coro dos descontentes tem aumentado consideravelmente. Poderia um jogador ser o melhor do mundo atuando contra Ituano, XV de Piracicaba ou outros pequenos? O que você acha?

Se aqui no Paulistão ele enfrenta times de pouco investimento, na Europa poderia encarar os melhores sistemas defensivos do mundo. A minha visão é a seguinte: habilidade não se perde com o tempo e nem com o a distância. Ele não vai se tornar um jogador melhor ou pior caso vá atuar no Barcelona, por exemplo. Entretanto, os seres humanos precisam de desafios para se motivar, e disputar partidas de pouca repercussão pode até fazer o jovem pensar mais em outras coisas do que apenas no futebol imenso que ele tem.

Se coloque no lugar do craque. Caso você fosse considerado o melhor do continente em sua profissão, todos te olhassem querendo contratar os seus serviços e pagar milhões por ele. E você está em uma empresa de respeito, que paga bem, mas que não pode te dar o mesmo sucesso mundial que a outra. O que faria?

Pense aí. Eu já pensei: Se fosse o Neymar, ah! Falaria tchau para o Peixe que vai continuar gigante mesmo sem o craque, convidaria a Bruna Marquezine e com ela no colo desembarcaria lá em Barcelona. De quebra ainda pagaria um churrasco com pagode para o Messi. Se o objetivo é o mundo, a Europa é apenas uma parada. Afinal, que graça tem a vida se não é feita de desafios, hein rapaz?

Futebol também se joga nos bastidores

Não podemos encerrar a coluna de hoje sem falar do leão. Depois de um começo bastante conturbado no Paulistão, a equipe de futebol “mais profissional” da região, o Mirassol FC, voltou a mostrar o bom futebol. Se acredito em algo difícil atualmente, isso é mandar o leão para a série A-2.

O time tem uma organização de dar inveja aos clubes ainda administrados por famílias que tentam fazer das agremiações, apenas uma ferramenta de poder e de renda pessoal. Logicamente não há apenas santinhos no Leão, mas o futebol ali é colocado em primeiro lugar.

Na série A-1, desde 2008 a equipe tem um pensamento moderno que investe em marketing e aposta na continuidade do técnico Ivan Baitelo, que parece ter um calmo e sábio domínio sobre seus atletas. E não é só isso, o estádio José Maria de Campos Maia é estruturado, as coletivas de imprensa são organizadas, recebendo elogios até mesmo do ranzinza Muricy Ramalho, além de ter uma loja com produtos oficiais do clube.

Isso que Mirassol tem pouco mais de 50 mil habitantes. E pensar que São José do Rio Preto abriga mais de 400 mil pessoas, tem dois bons estádios e equipes lutando no terceiro escalão estadual. É… o futebol vai muito além das quatro linhas mesmo. E que bons exemplos sejam sempre seguidos.

A dica do mês é relacionada ao Mirassol: Vá ao Maião acompanhar grandes times paulistas em campo, é uma diversão saudável e, certamente, toda a família vai adorar! Até a próxima! Paz e futebol a todos.

Ps: E para quem ficou em dúvida: minha camiseta na foto é do Clube Atlético Votuporanguense, mais uma equipe da região.

Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts