Museu com peças de mais de 80 milhões de anos é reinaugurado em Uchoa

Posted by at 8:38 Comments Print

Foi reinaugurado em Uchoa, no último sábado (03/08/2019), o museu de paleontologia Pedro Condolo que ganhou novo leiaute e também nova iluminação. Com peças de mais de 80 milhões de anos atrás, o espaço conta a história de animais que viveram em sete cidades aqui da nossa região.

Entre as mais de 600 peças do museu estão fósseis de dinossauros carnívoros e herbívoros, além de tartarugas, peixes e até crocodilos. Tudo fruto de pesquisas de mais de 30 anos.

O local tem parte de animais de 66 a 85 milhões de anos atrás que viveram em Uchoa, Ibirá, Cedral, Elisiário, Jaci, Monte Aprazível e também General Salgado.

São fósseis grandes, desde ossos completos, até pequenos, como fragmentos de dentes e escamas de crocodilos. Só de dinossauro são pelo menos cem peças, dentre elas partes dos saurópodes, os populares “pescoçudos”.

Segundo o biólogo e administrador do museu, Leonardo Silva Paschoa, o espaço que foi inaugurado em dezembro de 2016, ganhou uma nova iluminação, reposicionamento das peças e também um novo leiaute.

“Reorganizamos e reformamos o espaço para facilitar e agradar ainda mais a visitação ao público. Um museu ele precisa de iluminação adequada, mais harmonização dos ambientes, onde fizemos a redistribuição do mobiliário, criamos mais acessibilidade, agora além da impressora 3D que cria réplicas das peças”, explica.

Idealizada pelo torneiro mecânico, Pedro Candolo, a ideia do museu começou com ele que tinha paixão pela arqueologia. Anos mais tarde ele decidiu doar as peças à prefeitura do município para que fosse criado o próprio museu municipal.

Falecido em 2010, aos 91 anos, Pedro infelizmente acabou não conhecendo o museu a tempo, mas a filha, Heloisa Rosa Candido Pupo, fala da felicidade em que a família sente do espaço que carrega o nome do pai.

“Acredito que de onde meu pai estiver ele está muito contente com a homenagem e feliz por ver o museu da forma como ele está. Nessa reforma o museu ganhou ainda mais valor e isso é muito gratificante para todos nós”, comenta.

O museu está instalado na Praça Farmacêutico Bruno Garisto, na antiga estação ferroviária. O horário de funcionamento é de terça a sexta das 8h às 11h e das 13h às 16h. A entrada é de graça.

(Fotos: Divulgação)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts