Mulher que teria matado comerciante de Urupês com 20 facadas é presa quatro meses depois

Posted by at 10:08 Comments Print

Foi presa na última sexta-feira (31/08/2018) a mulher suspeita de matar um comerciante de Urupês com mais de 20 facadas, em abril deste ano. Segundo a polícia, Leliane Carneiro dos Santos, de 36 anos, foi encontrada pela equipe de investigação na cidade de Torres, no estado do Rio Grande do Sul, mais de 1,3 mil quilômetros de São José do Rio Preto.

Leliane que teve a prisão temporária de 30 dias decretada, era namorada da vítima. Ela teria fugido após o crime, segundo o delegado que acompanha o caso.

Conhecido como Tito, Luís Antônio Fortunato foi encontrado morto depois que vizinhos estranharam que ele não saiu para o trabalho e chamaram a polícia. O corpo do empresário estava com marcas de faca e o veículo dele não estava na garagem.

A suspeita recaiu sobre a mulher após o carro da vítima ser encontrado na noite do mesmo dia do crime, na casa de Leliane, na zona norte de Rio Preto. O casal teria comprado o carro e, após o término da relação, discutiam pela posse do bem.

(Foto: Divulgação)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts