Motorista bêbado sobe em calçada, bate em carro de auto escola e só é parado pela polícia após ficar sem a roda do veículo

Posted by at 15:46 Comments Print

Um motorista dirigindo embriagado colocou em risco a vida de pedestres e motoristas no meio da tarde desta sexta-feira (27), em Potirendaba. José Carlos de Matos, de 49 anos, subiu em uma calçada, bateu em um carro de auto escola e só parou porque foi abordado pela Polícia Militar em uma das avenidas mais movimentadas no centro da cidade, sem um dos pneus do veículo que ele conduzia.

Nersilio Prodossimo Junior é instrutor da auto escola e proprietário do veículo que foi atingido. O carro que estava estacionado na rua Josué Fabri ficou com duas das rodas danificadas e a pintura ralada. “Antes dele bater no meu carro, ele subiu em uma calçada. Agora vamos ficar totalmente no prejuízo, pois além de ficar com um veículo a menos para trabalhar, teremos que pagar o conserto do carro”, fala.

Após bater no veículo de Nersilio, o motorista bêbado desceu pela rua Cônego Teodoro Béa e entrou na avenida Maestro Antônio Amato. O instrutor seguiu o condutor e com a ajuda de amigos é que ele foi parado no cruzamento de maior movimento da cidade.

Sem esboçar qualquer tipo de reação e estando visivelmente embriagado, José desceu do veículo e confessou que tinha bebido duas cervejas. Na batida o homem sofreu ferimentos no rosto e um corte perto da boca.

Questionado pela nossa reportagem se ele tinha se ferido no acidente, José questiona: _“Que acidente?”. Repórter: O senhor tomou o quê? _“Tomei só duas cervejas”. Repórter: O senhor sabia que o senhor vai ser preso? _“Que se dane”.

O carro de José estava com a documentação em dia, mas por estar sem uma das rodas foi guinchado para o pátio da cidade. O motorista foi levado para o Hospital de Potirendaba onde passará por curativos dos ferimentos e deverá ser preso em flagrante por dirigir embrigado.

Com a nova regulamentação da Lei Seca aprovada pelo Senado agora em 2015, conduzir veículo sob “concentração de álcool ou substância psicoativa”, independente da quantidade, é crime com pena de 6 meses a 3 anos de prisão, multa e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts