Motorista bêbado que matou pai de família é condenado a 14 anos de prisão, mas poderá recorrer da decisão em liberdade

Posted by at 14:22 Comments Print

O motorista Guilherme Meucci Soares, acusado de matar o empresário Rodrigo Fernandes Pereira depois de dirigir na contramão e bêbado foi condenado na tarde desta última terça-feira (04/07/2017) a 14 anos de prisão. O réu foi condenado em regime fechado por homicídio com dolo eventual, mas poderá recorrer em liberdade.

O júri popular durou quase cinco horas aconteceu no fórum de São José do Rio Preto. Conforme a Gazeta mostrou, o acidente aconteceu no dia 21 de abril de 2012, entre Rio Preto e Cedral e chocou a nossa região. O empresário tinha 33 anos e deixou dois filhos, que tinham 5 e 7 anos na época.

Guilherme foi condenado a prisão em regime fechado, mas por ser réu primário, pode recorrer em liberdade. A viúva de Rodrigo, Adriana Pagani, comenta que agora poderá descansar seu coração e que a justiça de Deus será feita. “Meu advogado é o meu Senhor , ele me defende do acusador. Minha causa entreguei nas mãos de Deus e  posso descansar o meu coração. Fiz tudo o que podia até aqui, agora é Deus e sua sentença”, desabafa.

Segundo o Ministério Público, o motorista que causou o acidente tinha acabado de sair de uma festa de casamento, quando pegou a rodovia Washington Luís, na contramão, dirigiu por 10 quilômetros até atingir o carro de Rodrigo que morreu no local.

Para o MP, Guilherme Meucci Soares dirigia embriagado. Ele nunca foi preso e, no dia do acidente, ele foi socorrido em estado grave, mas se recuperou.

 (Foto: Marco Antonio/Diário da Região)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts