Moradores denunciam maus tratos de animais em Termas de Ibirá

Posted by at 16:27 Comments Print

Revoltados com a situação que alguns animais estão sendo tratados no parque Termas de Ibirá, moradores procuraram a Gazeta do Interior nesta terça-feira (23/10/2018). Expostos ao sol o dia todo, eles chegam a ficar sem água e comida.

O local que é conhecido por sua água rica em vanádio, chega a receber milhares de pessoas todos os finais de semana. Quem passa pelo parque desfruta de uma belíssima paisagem e também passeia ao lado de animais silvestres como tartarugas é várias aves.

Recentemente o Termas ganhou algumas tartarugas que ficam no canteiro da avenida de entrada do local. Por não ter nenhuma tela de proteção ou cerca, as pessoas, inclusive crianças, pegam os animais nas mãos, colocando-os em risco.

“Eu acho um absurdo ver as pessoas pegando eles nas mãos. Domingo uma menina deixou um filhote cair e se eles quebrarem os cascos, certamente não sobrevivem”, fala a dona de casa, Rosana Aparecida de Oliveira que procurou a Gazeta.

O estudante de veterinária, Augusto Alexandre Firmino, também enviou mensagem ao jornal e pediu uma solução da prefeitura. “Ao menos deveria ter um abrigo para estes animais. Eles ficam aqui expostos e sem água e comida, como já presenciei várias vezes”, diz.

No parque, moradores de diversas cidades da região trazem pães e alimentos para aves. Porém, as tartarugas são abrigadas apenas por caixotes de madeira e vivem apenas no canteiro elevado da avenida.

O biólogo, Orlando Aparecido Skavask, diz que pegar os animais, além de provocar estresse, uma queda pode ser fatal. “O casco deles é bastante resistente, porém uma fratura pode provocar uma lesão e eles podem morrer. Neste local deveria haver uma grade de proteção, placas com orientação e melhores condições de criação”, afirma.

Por meio de nota, a prefeitura de Ibirá disse que as tartarugas foram entregues voluntariamente por munícipes à Secretaria do Meio Ambiente, onde as mesmas estavam no local provisoriamente. Trecho do documento afirma que os animais já foram encaminhadas para a Polícia Ambiental que fará todo o processo de reintrodução na natureza e que eles recebiam água e como comida regularmente.

(Foto: Agência Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts