Moradores de Potirendaba (SP) continuam desrespeitando regras de quarentena

Posted by at 12:19 Comments Print

Segunda-feira, 06 de julho de 2020

Desde o início da quarentena decretada pelo governo de São Paulo diante da pandemia do novo coronavírus que moradores de Potirendaba (SP) não têm levado à sério as regras de isolamento social. Prova disso são os casos de COVID-19 que já aumentaram 600% de um mês para o outro no município.

No último sábado (4), a Gazeta mostrou que três bares da cidade foram fechados pela Polícia Militar por descumprir as medidas. Em um deles a proprietária havia testado positivo para COVID-19 e mesmo assim continuava trabalhando.

Neste último domingo (5) leitores enviaram fotos de outros bares também com grande aglomeração de pessoas. Um deles fica no meio da feira livre do município.

Na foto nossa reportagem contou, pelo menos, 14 pessoas em pé, aglomeradas e muitas delas sem máscaras, o que é proibido de acordo com o decreto estadual. Os que faziam uso estava com o equipamento de proteção no queixo.

Outra denúncia enviada ao jornal foi a de um bar localizado no bairro rural Boa Vista. Segundo os leitores, dezenas de pessoas se reúnem, todos os finais de semana, para fazer churrascos, jogar baralho e tomar cerveja no local. Nas fotos aparecem várias pessoas sentadas em rodas e todas sem máscaras.

Pessoas fazem churrascos e não se preocupam com contágio de COVID-19

Segundo a Polícia Militar, o proprietário do local já foi notificado em outra denúncia, mas mesmo assim continua desrespeitando o decreto. Além de ser multado, o comerciante pode ter o alvará cassado e o local interditado.

De acordo com o Sargento da Polícia Militar de Potirendaba, Henrique Esteves, o trabalho das autoridades está sendo feito, mas infelizmente ainda não há colaboração da população.

“Nós da Polícia Militar, Prefeitura, Vigilância Sanitária, Epidemiológica, Fiscais de Postura e GCM orientamos e notificamos, mas infelizmente as pessoas continuam batendo na mesma tecla e atrasando o trabalho de todos. Com esse desrespeito há consequência de uma maior quantidade de pessoas contaminadas, procurando unidades de saúde e superlotando os hospitais, onde o pico de contágio nunca vai acabar. Precisamos da colaboração da população”, pede o Sargento.

Desde o dia 1º deste mês que é obrigatório o uso de máscaras em todo o estado de São Paulo. A multa para a pessoa física que for flagrada sem o item é de R$ 500, já para os donos de comércios a multa é no valor de R$ 5 mil por pessoa sem máscara no local.

Moradores de Potirendaba não têm levado à sério as regras e as medidas de isolamento social, desde o início da pandemia. Prova disso são os números da COVID-19 que não param de crescer no município.

Até o último boletim divulgado pelo município na última quinta-feira (02/07), Potirendaba tinha 89 casos confirmados e três mortes já provocadas pela doença. Vale lembrar que já fazem quatro dias que os dados não são atualizados e estes números podem ter aumentado, ainda mais, durante o fim de semana.

Em maio, Potirendaba tinha apenas 9 casos confirmados de COVID-19, já em junho os números subiram para 63 confirmações e duas mortes – um aumento de 600%. Somente no dia 02 de julho já são 17 casos positivos e uma morte pela doença.

Números aumentaram 600% de um mês para outro

(Fotos: Colaboração leitores/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias

Related Posts