Moradores de Bady Bassitt se revoltam ao verem prefeitura tapando buraco com terra

Posted by at 6:00 Comments Print

Moradores do bairro Jardim São Lourenço, de Bady Bassitt se revoltaram nesta segunda semana de outubro ao verem funcionários da prefeitura tapando buracos de uma das ruas do bairro com terra. Uma idosa de 66 anos fez um vídeo com o celular e postou em uma rede social.

Ana Lucia da Silva, de 66 anos, conta que ficou revoltado em ver a ação da prefeitura e resolveu gravar a cena. Ela diz que meses atrás conversou com o prefeito da cidade, Edmur Pradela, e ele afirmou que tinha conseguido uma verba de R$ 2 milhões para o recape de várias ruas da cidade, inclusive do bairro dela, mas que até agora nada foi feito.

“Sabemos que a obra de recape está parada e aqui nada foi feito. Direto acontece acidente nesse trecho por causa de buracos. Tem buraco aqui que chega a 50 cm de profundidade. Isso é uma vergonha”, diz a idosa.

No vídeo os funcionários da prefeitura justificam que a culpa não é deles. Outro morador que aparece na gravação pede desconto na conta de água por que a prefeitura pegou água dele para jogar na rua. Depois de a população reclamar, os funcionários da prefeitura ligam a máquina e vão embora.

Ana postou o vídeo na página pessoal do Facebook. Outra usuária, também moradora de Bady Bassitt de nome “Carol Ferreira”, comenta a postagem da idosa: _ “Dona Ana, a senhora não viu minha rua, está horrível. Já já vamos ter que passar à cavalo e deixar o carro em outro lugar”, diz .

Este ano a prefeitura iniciou as obras de recape em vários bairros da cidade com uma das empresas envolvidas no escândalo da “Máfia do Asfalto”, na operação Fratelli, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em abril do ano passado. A empresa que está prestando o serviço é a única que ainda está liberada pela justiça para continuar trabalhando.

Viviane Lobanco, estagiária do departamento de engenharia e obras da prefeitura informou que as obras de recape pararam devido ao período eleitoral e que retomarão logo após o segundo turno das eleições. Quanto aos buracos tapados com terra, a estagiária informou que se há buracos, tem que jogar terra para depois jogar o asfalto.

(Matéria publicada na edição impressa da Gazeta do Interior do mês de outubro de 2014)
(Foto: Reprodução vídeo)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts