Ministério Público notifica prefeitura de Bady Bassitt (SP) sobre ações contra COVID-19

Posted by at 9:48 Comments Print

Sexta-feira, 04 de setembro de 2020

O Ministério Público de São José do Rio Preto (SP) notificou a prefeitura de Bady Bassitt para dar explicações sobre as ações que estão sendo realizadas na cidade contra o novo coronavírus. O município é o primeiro da região da Gazeta com o maior número de casos.

Segundo o promotor de justiça, Sergio Clementino, com base em reportagens da Gazeta e devido ao aumento no número de casos de COVID-19, o município foi notificado para dar esclarecimentos de como anda a situação na cidade.

“Neste caso notificamos o Município para prestar informações sobre os fatos e que agora tem o prazo de 10 dias para responder. Com a resposta vamos verificar os próximos passos”, explicou.

Bady Bassitt enfrenta um verdadeiro surto do novo coronavírus com 668 pessoas infectadas pela doença, desde o começo da pandemia. Prefeito, vereadores, autoridades de saúde e funcionários da prefeitura foram infectados pelo vírus. 16 pessoas infelizmente já morreram.

Desde que o primeiro caso foi confirmado, no dia 03 de abril deste ano, a cidade têm enfrentado sérias dificuldades para tentar controlar o avanço da doença. Diversas ações foram feitas, mas um relaxamento da população e também do poder público pode ter sido um dos motivos para a explosão de casos.

Conforme nossa reportagem mostrou, barreiras sanitárias chegaram a ser montadas em todas as entradas e saídas da cidade, o uso de máscaras passou a ser obrigatório no município, assim como várias outras ações foram desenvolvidas ao longo destes meses. Porém, quando os casos começaram a aumentar, os comércios, bem como salões de beleza e até academias, que deveriam estar fechados, estão funcionando normalmente e descumprindo o que estabelece o Plano São Paulo de Flexibilização.

Academia na principal avenida da cidade funciona normalmente na fase proibida
Bares lotados e vendendo bebida normalmente

Diversas tem sido as denúncias recebidas pela Gazeta de festas e eventos clandestinos que estão sendo realizados nos fundos de casas e até chácaras da cidade. Resultado disso, são os números de infectados que não param de crescer.

A Prefeitura de Bady ainda não se pronunciou sobre o caso.

(Fotos: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts