Ministério Público apura gastos com merenda escolar em plena pandemia em Cedral (SP)

Posted by at 8:31 Comments Print

Sábado, 20 de fevereiro de 2021

O Ministério Público de São José do Rio Preto (SP) abriu inquérito para apurar gastos da Prefeitura de Cedral (SP) com merenda escolar em plena pandemia de COVID-19. O município teria gasto quase R$ 800 mil mesmo sem aulas.

De acordo com a denúncia, a Prefeitura manteve o contrato mesmo com as aulas suspensas e não apresentou justificativa plausível à promotoria. Por causa da falta de informações prestadas ao MP, um inquérito foi aberto para apuração.

O promotor Sérgio Clementino, deu prazo de 15 dias para que o município apresente informações sobre os fatos noticiados, bem como também envie cópias dos pagamentos, notas fiscais de prestação de serviço e empenhos relacionados à empresa “Eco & Sapore Fornecimento de Alimentos Ltda”, durante todo o ano de 2020.

De acordo com o Portal da Transparência, a Prefeitura teria pago à empresa, só em 2020, a quantia de R$ 648.559,65. Agora em 2021, foram gastos com merenda R$ 99.857,54, o que totaliza a quantia de R$ 748.417,19.

Procurada pela Gazeta, a Prefeitura de Cedral informou em nota que o contrato não foi cancelado por duas situações: “A mesma licitação atende a Saúde / Residência Terapêutica, e também pela incerteza da volta às aulas e manter o serviço sem causar prejuízo aos alunos”, informa a nota.

Nossa reportagem não conseguiu contato com a empresa Eco & Sapore para comentar o assunto.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts