Locutor esportivo da rádio Jovem Pan conhece projeto SERLEÃO e diz que Mirassol é exemplo para outros clubes do país

Posted by at 8:36 Comments Print

O narrador esportivo da rádio Jovem Pan, Nilson César, elogiou o trabalho realizado pelo projeto social SER (Saúde, Educação e Realização) LEÃO, do Mirassol Futebol Clube, que incentiva a prática esportiva à 3.125 garotos de 10 a 14 anos, inscritos nas 37 escolinhas de futebol de 36 municípios do Interior do Estado de São Paulo. “É um trabalho muito interessante e que vai render frutos importantes ao Mirassol. Tenho certeza, que além de formar jogadores e torcedores, o Leão da Araraquarense vai formar pessoas do bem”, disse Nilson César, que foi um dos palestrantes da 2ª Clínica do projeto na manhã desta sexta-feira (13) no Ipê Park Hotel, localizado entre as cidades de Cedral e São José do Rio Preto. O evento reuniu cerca de 150 pessoas entre educadores físicos, coordenadores, prefeitos, diretores do Mirassol e patrocinadores do SERLEÃO.

“O SERLEÃO deixou de ser um projeto para se tornar uma realidade. Nunca vi projeto igual a este nas principais agremiações da Capital. O Mirassol é um exemplo a ser seguido pelos demais clubes do País”, disse o narrador, que neste ano completou 30 anos de Jovem Pan. Nilson César já participou como jornalista esportivo em sete Copas do Mundo e conhece 55 países.

Fã incondicional do técnico Muricy Ramalho, atualmente no Santos, Nilson César defende que o Brasil tem todas as condições de receber os grandes eventos esportivos. “Os jogadores europeus querem jogar a Copa no Brasil porque somos pentacampeões. É besteira este negócio de que o nosso País não tem infraestrutura. Só que temos de ficar de olho para não haver desvios e falcatruas”, disse o narrador, que defende Muricy Ramalho na Seleção. “O Mano (Menezes – atual técnico da Seleção) é uma boa pessoa, mas o Muricy é o treinador bem mais preparado para assumir o comando técnico da amarelinha”, acrescentou.

Ivan Baitello

No segundo painel, o técnico do Mirassol FC, Ivan Baitello, falou sobre a importância do comprometimento do treinador das escolinhas com o projeto SERLEÃO. Ele também mostrou como foi realizada a preleção do jogo em que o Leão da Araraquarense derrotou o Palmeiras, por 1 a 0, em pleno estádio do Pacaembu, no Paulistão deste ano. “O Mirassol hoje ganhou o respeito dos adversários. Sabemos a força dos clubes da Capital devido aos altos investimentos. Porém, sabemos que podemos enfrentá-los de igual para igual. Tudo isso é passado aos atletas”, disse Baitello, que em outubro deste ano vai completar dois anos consecutivos como treinador principal do Leão.

Para o diretor da Bebidas Poty, José Luiz Franzotti, que representou os patrocinadores do SERLEÃO, a 2ª Clínica foi um sucesso. “Notamos que as prefeituras escolheram a dedo seus educadores físicos. E o sucesso está na mão destes educadores. Estamos satisfeitos com os trabalhos desenvolvidos nestes dois dias e acreditamos na longevidade do projeto”, disse Franzotti.

Além de terem acompanhado as palestras de Nilson César e Ivan Baitello, os 72 educadores físicos do SERLEÃO também receberam treinamento sobre o software, que será usado como ferramenta de avaliação e acompanhamento do desempenho dos alunos. O programa foi desenvolvido pela empresa Riosoft.

Cidades atendidas

Pelo convênio do SERLEÃO, as prefeituras cedem dois professores de educação física e os campos para treinamento dos meninos. Já o Mirassol Futebol Clube, em parceria com os patrocinadores, fornece todo o material esportivo e a metodologia de trabalho.

A primeira cidade a aderir ao projeto do Leão da Araraquarense foi Mirassol, que também adicionou o distrito de Ruilândia. Também participam do SERLEÃO os municípios de Álvares Florence, Bálsamo, Elisiário, Floreal, Guzolândia, Ibirá, Indiaporã, Irapuã, Itajobi, Jaci, Mendonça, Meridiano, Neves Paulista, Nipoã, Nhandeara, Nova Castilho, Nova Granada, Nova Luzitânia, Palmeira DΓÇÖ Oeste, Paraíso, Paranapuã, Planalto, Pontalinda, Potirendaba, Rubineia, Ruilândia, Sales, Sebastianópolis do Sul, Sud Mennucci, Tabapuã, Tabatinga, Turiúba, Uchoa, União Paulista e Urupês.

O SERLEÃO conta com o patrocínio das seguintes empresas: Constru-sol, Flex, Jomarca, Gelius, Kodilar, Levity, Poty, Grupo Guarani, NK, Santa Maria, Rosalito e Rede Sol, além do apoio da Riosoft, DLM Propaganda, Associação dos Municípios da Araraquarense (AMA) e Governo do Estado de São Paulo (Lei de Incentivo ao Esporte).

Fonte e foto: Vinicius de Paula / Agência Mirassol FC

 

Destaques Esportes Últimas Notícias , , ,

Related Posts