Justiça libera Ibirá Folia, mas bloqueia bens de prefeito e empresas organizadoras do evento

Posted by at 11:22 Comments Print

A Justiça de Catanduva (SP) não acatou o pedido do Ministério Público e não anulou a licitação realizada na cidade para a organização do Ibirá Folia 2016. Porém, o prefeito da cidade e organizadores do evento tiveram os bens bloqueados pela juíza Maria Clara Schimidt de Freitas.

Empresa que venceu licitação teria começado a divulgar Ibirá Folia antes de vencer o ato

“Desta feita, indefiro o pedido, cabendo ao Ministério Público diligenciar na busca de bens dos réus, pelos sistemas eletrônicos disponíveis (Arisp e Renajud) para que seja determinada a indisponibilidade de bens daqueles até o valor estimado do dano, considerando os valores de ingressos e camarotes e das despesas que a Municipalidade terá, derivadas do evento, limpeza urbana, efetivo policial extraordinário, gastos recolhimento de lixo, atendimentos médicos, valores a serem apurados e estimados pelo Ministério Público, em dez dias”, diz trecho da decisão da juíza.

Questionada sobre a possível fraude na licitação, a assessoria de imprensa do Ibirá Folia informou que a 5ª edição do evento será realizada normalmente do dia 5 a 9 de fevereiro e que os demais questionamentos devem ser feitos à própria juíza que não acatou o pedido do MP.

(Foto: Marcos Augusto/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , , ,

Related Posts