Jovem que matou filho com facada no pescoço vai a júri popular

Posted by at 15:20 Comments Print

A camareira Andressa Beijas Molina, de 25 anos, acusada de matar o filho recém-nascido com um uma facada no pescoço vai a júri popular no dia 25 de outubro de 2018, em São José do Rio Preto. A data foi publicada nesta quinta-feira (13/09/2018) no Diário de Justiça Eletrônico.

A Gazeta do Interior chegou a acompanhar o caso na época, onde a jovem que estava grávida de nove meses não teria contado para ninguém sobre a gravidez. Na manhã do dia 3 de fevereiro do ano passado, ela entrou em trabalho de parto e o menino nasceu no banheiro da residência.

Segundo a versão de Andressa à polícia na época, ela teria sido estuprada por um tio, há nove meses, e ele teria a ameaçado de morte caso contasse para alguém. Trecho da versão da suspeita no BO diz que ela achou que o bebê estivesse nascido morto.

A moça então decidiu colocar o menino na banheira, pegar uma faca e passar no pescoço dele, momento em que começou a chorar. Andressa contou também que chamou equipes do Samu e que colocou a criança dentro de um saco de lixo e em seguida de baixo da cama.

Questionada o motivo do desespero, a camareira que diz ser lésbica, falou que não queria a criança e que não sabia o que fazer. A jovem que morava com a mulher disse para nossa reportagem que não sabia da gravidez.

Na época, uma vizinha disse que a mulher era lésbica e que morava com outra moça na casa. Em juri popular pelo crime de homicídio simples, ela pode pegar de seis a 12 anos de prisão.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Cidades Destaques Sou a Prova Viva , , ,

Related Posts