Jogador da Seleção Brasileira de vôlei é de Ibirá; Gazeta bateu papo com a mãe do atleta

Posted by at 11:05 Comments Print

Um gigante não só no talento, mas também na altura e que vale ouro. Muito ouro. Evandro Guerra, 34 anos, 2,07 metros de altura. O jogador da Seleção Brasileira de vôlei que conquistou diversas medalhas de ouro em sua carreira e é de Ibirá. A Gazeta do Interior bateu um papo com a mãe do atleta que está representando não só nossa região, mas o Brasil inteiro nas Olimpíadas Rio 2016.

Uma carreira de muitas conquistas para o jovem que deixou os pais em Ibirá aos 13 anos para lutar pelo sonho. Marli Guerra, a mãe do atleta, conta que tudo começou na equipe do antigo Esporte Clube Banespa e nunca mais parou.

“O Evandro sempre foi muito dedicado. Na escola ele ia bem em todos os esportes, sempre gostou de esportes, mas o que ele mais se destacava era no vôlei”, diz a mãe.

E Marli não estava errada, pois crescia naquelas quadras estudantis um atleta que no futuro representaria uma nação e se tornaria o orgulho do País. De lá pra cá Evandro não parou mais e seu crescimento de altura fez dele um grande atleta.

Em 2001, pela categoria juvenil, Evandro integrou a Seleção Brasileira e conquistou a primeira medalha de ouro em Breslávia, na Polônia. Em 2006 também pela Seleção Brasileira, Evandro conquistou medalha de ouro na Liga Mundial com a final foi em Moscou.

Além de ter atuado em muitos clubes brasileiros, Evandro disputou campeonatos na Itália, Grécia, Argentina onde recebeu prêmio de melhor jogador. Em 2013 conquistou medalha de ouro no Sul-Americano de Clubes e ainda foi convocado pelo técnico Bernardinho, onde na Copa dos Campeões no Japão também conquistou ouro.

Agora Evandro está na Vila Olímpica disputando pela Seleção Brasileira e os resultados já são de dar orgulho. Nos dois jogos contra as equipes do México e Canadá o Brasil levou a melhor vencendo ambas por três setes à um.

“Ele fala que lá na Vila Olímpica é tudo muito bacana, gente de todo canto do mundo, muita experiência bacana. Estamos aqui na expectativa pra hora que ele voltar pra casa trazer o ouro pra gente comemorar todos juntos”, fala Marli.

O próximo jogo de Evandro é nesta quinta-feira, dia 11, contra os Estados Unidos, às 22h35 e cada jogo é uma emoção diferente. “A gente fica aqui em uma torcida vibrante na frente da televisão e até agora tem dado sorte pra ele”, finaliza a mãe.

(Foto: Arquivo pessoal)

Destaques Esportes Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts